Comunidade escolar testada à covid-19

O reinício da escola presencial vai implicar testagem a toda a população escolar, com testes rápidos antigénio a professores e auxiliares desde creches ao ensino secundário e, também, a alunos do secundário.

Depois do primeiro teste, será adotada uma estratégia de rastreios periódicos nos concelhos com maior incidência da doença covid-19, ou seja superior a 120 casos por 100 mil habitantes. Os intervalos podem ser de 7, 14 ou 28 dias conforme o número de casos identificados em cada escola.

Esta é uma orientação da Direção Geral da Saúde, anunciada esta segunda-feira.