Comic Con marcada para setembro no Passeio Marítimo de Algés

A próxima Comic Con, a convenção portuguesa dedicada ao entretenimento e cultura pop, vai acontecer de 06 a 09 de setembro, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, foi esta quarta-feira anunciado.

Esta será a quinta edição da Comic Con, que este ano transita da Exponor de Matosinhos para Oeiras, antecipando-se de dezembro para setembro.

A organização da Comic Con assinou um protocolo com a autarquia de Oeiras por três edições e que envolverá, por parte do município um apoio financeiro e logístico de 330 mil euros por edição.

Na conferência de imprensa de hojeem Oeiras, o diretor-geral da Comic Con, Paulo Rocha Cardoso, explicou que o evento precisava de se expandir e de ser melhorado.

O Passeio Marítimo de Algés é um terreno alcatroado, junto do rio Tejo que habitualmente acolhe em julho o festival Nos Alive, com uma capacidade – naquele contexto – para cerca de 50 mil pessoas. Todas as áreas às quais a Comic Con se dedica, como a banda desenhada, o cinema, a televisão, o ‘cosplay’ ou a zona comercial, sofrerão alterações, mas o espírito da convenção mantém-se, disse o diretor-geral.

Francisco Rocha Gonçalves, vice-presidente da autarquia, disse que será erguida “uma mini-cidade no recinto”.

Paulo Rocha Cardoso espera receber pelo menos 100 mil pessoas, a mesma audiência da Comic Con de 2017.

Hoje foram anunciados três convidados, da área da banda desenhada: Mark Waid, Batem e Yves Sente.

Os bilhetes vão variar entre os 25 euros, diário, e os 75 euros do passe geral.

 

Duatlo de Famalicão é já este domingo

Acontece este domingo mais uma edição do Duatlo de Famalicão. A competição é uma organização da Associação dos Amigos de Pedal e da Federação Triatlo de Portugal que escolheu a prova famalicense para a atribuição dos títulos nacionais do Campeonato Douro e Norte. Deste modo, está garantida a presença dos melhores atletas nacionais. Além dos títulos nacionais, o Duatlo junta, habitualmente, centenas de praticantes.

Com a partida e chegada na Devesa, às 10 horas, os atletas têm pela frente um primeiro segmento de atletismo, com cerca de 5 quilómetros, seguido de percurso de BTT, com cerca de 20 quilómetros de extensão. A prova termina com novo segmento de corrida, com cerca de 2,5 quilómetros, a realizar no Parque da Devesa.

 

Famalicão: Mercado de Sabores este fim de semana no centro da cidade

Compotas e marmeladas, fumados e salgados diversos, entre outros produtos, são propostas para este fim de semana em mais uma edição do Vai à Vila. O Mercado dos Sabores decorre este sábado e domingo com a presença de duas dezenas de produtores locais.

Na Praça D. Maria, este mercado urbano estará aberto das 10 às 23 horas, este sábado, e das 10 às 18 horas, este domingo, sendo de entrada livre.

A par do certame, quem visitar o centro urbano no domingo também pode assistir a coreografias pelo grupo de dança M Dancer’s, às 14h00, seguindo-se a atuação da Orquestra Pentágono, às 16h00, na Praça D. Maria II.

O Mercado dos Sabores faz parte do projeto municipal ‘Vai à Vila!’, iniciativa de animação regular do centro de Famalicão que arrancou em 2023 e preenche cada fim de semana, conciliando o novo centro urbano com uma dinâmica cultural e lúdica.

Foto arquivo

Famalicão é o município do norte mais procurado para arrendar casa

Vila Nova de Famalicão está na lista dos municípios mais procurados para arrendar casa.

O concelho famalicense assume a posição nº 11 do ranking que integra 50 municípios de todo o país e tem por base os registos/procura de imóveis através da plataforma idealista. No norte, Vila Nova de Famalicão chega a ser o município com maior procura, assumindo o 1º lugar.

O estudo reporta-se ao último trimestre de 2023 e concluiu que as zonas mais procuradas para arrendar casa, e que lideram a tabela, estão localizadas na periferia de capitais de distrito, como Lisboa, Setúbal e Braga.

 

 

Famalicão: Sensibilização contra os maus-tratos na infância em Joane

Neste mês de alerta contra os maus-tratos na infância, continuam as ações de sensibilização, organizadas pelo município de Famalicão e pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, com o apoio de outras entidades. A próxima é na manhã deste sábado, às 9h30, numa abordagem à população na feira de Joane, com a colaboração da GNR da vila.

Dia 20, também um sábado, pelas 15 horas, showcooking no Mercado Municipal, com a presença de crianças e jovens das casas de acolhimento da ATC e Mundos de Vida. Pelas 16h30, yoga do riso com terapia do riso e presença da terapeuta/animadora sociocultural Carminda Carvalho. Para participar, é obrigatório o preenchimento do formulário.

No dia 30 de abril, às 11h30, será “construído” um laço humano, no centro urbano (junto à Fundação Cupertino de Miranda) com a colaboração das turmas dos cursos profissionais do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco/D. Sancho I e Escola profissional CIOR.

 

FC Famalicão “em alerta” com o momento do FC Porto

“Não há duas sem três”, diz o ditado e o FC Famalicão quer que se cumpra, este sábado, diante do FC Porto. O conjunto famalicense vem de duas vitórias seguidas, tem os níveis de confiança elevados, mas o adversário é o terceiro classificado do campeonato e joga em casa. O facto do FC Porto vir de duas derrotas consecutivas não sossega o treinador Armando Evangelista. Pelo contrário. «Estão em alerta máximo e isso pode dificultar a tarefa do FC Famalicão», disse na conferência de imprensa. Por isso, dentro da estratégia montada para este jogo, que o técnico famalicense não revela, está a consciência de que é preciso estar em constante alerta.

Sabe que não vai contar com Chiquinho nem com Riccieli, que têm sido titulares e influentes na equipa, mas não valoriza em demasia isso, porque reconhece que é uma oportunidade para outros mostrarem o seu valor, «sedentos que estão de mostrarem as suas qualidades».

Armando Evangelista vai com ambição ao Dragão, ainda sem pensar no jogo de terça-feira, diante do Sporting, em casa, para acertar calendário. Em sete jornadas que faltam, o FC Famalicão enfrenta os três “grandes”, mas o técnico prefere pensar num jogo de cada vez e não em posições na tabela classificativa. «Temos três jogos com adversários fortíssimos, mas estamos focados em sermos competitivos e que a equipa continue a crescer de mão dada com o crescimento do clube», sublinhou.

Recorde-se que está à frente do clube há apenas dois jogos, tempo que considera insuficiente para que os jogadores tenham assimilado todas as ideias de jogo. Sobre a posição do clube no final do campeonato também não traça objetivos, mas compreende a ambição interna e reconhece a necessidade da competitividade da equipa acompanhar o crescimento do clube no futebol português.

A partida entre o FC Porto e o FC Famalicão está marcada para as 18 horas deste sábado, no Estádio do Dragão.

Foto: FC Famalicão

Famalicão: Saiba quem são os vencedores do concurso de ilustração e escrita sobre os 50 anos da Revolução de Abril

No âmbito das comemorações dos 50 anos da Revolução de Abril de 1974, a Câmara Municipal, através do projeto educativo e cultural “De Famalicão para o Mundo”, promoveu o concurso artístico (ilustração e escrita) subordinado ao tema “25 de Abril: 50 anos de liberdade e democracia”, incentivando a articulação entre a História Local e a Nacional.

No total foram submetidos a concurso 184 trabalhos e já foi anunciada a lista de vencedores. Recorde-se que esta iniciativa visou sensibilizar os estudantes para o significado desta data. A entrega dos prémios aos trabalhos individuais acontecerá no dia 25 de abril, 17h30, na Galeria da Casa Museu Soledade Malvar; os prémios referentes aos trabalhos coletivos serão entregues em data a agendar em contexto de sala de aula.

A lista de vencedores

1.º escalão – expressão plástica – Ilustração:
Individual: Lourenço Oliveira, 1.º ano – EB 1 Terras do Ave – AETA
Coletivo: Mariana Pereira e Salvador Sousa, 1.º ano – Colégio Machado Ruivo

2.º escalão –- produção escrita – conto:
Individual: Matilde Nogueira Moreira, 5.º A, n.20, Escola Básica do 2º/3.ª ciclo de Ribeirão – Agrupamento de Escolas de Ribeirão;
Coletivo: Turma H2, EB1 de Oliveira de S. Mateus, Agrupamento de Escolas Terras do Ave;

2.º escalão – expressão plástica – Ilustração:
Individual: Francisca Martins Lima, 4.º ano, EB 1 de Joane, Agrupamento de Escolas Padre Benjamim Salgado
Coletivo: Turma 6.6, Escola Básica 1º/2º Ciclos Dr. Nuno Simões, Agrupamento de Escolas D. Sancho I

3.º escalão – produção escrita – conto:
Individual: Daniela Gomes Fernandes, 9.º B, n.º 6, Escola Secundária Padre Benjamim Salgadio, Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado;
Coletivo: Turma 9.º 3, Agrupamento de Escolas de Gondifelos;

3.º escalão – expressão plástica – Ilustração:
Individual: Rúben Azevedo, 9.º F, Agrupamento de Escolas de Ribeirão (foto)
Coletivo: Diana Ventura e Leonor Martins, 9.º A, Agrupamento de Escolas Terras do Ave

4.º escalão – produção escrita – conto:
Individual: Tiago Carvalho Barquero da Silva, 11.º J – Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco;
Coletivo: sem trabalhos a concurso.

4.º escalão – expressão plástica – Ilustração:
Individual: Luís Martins, 11.º I, Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco
Coletivo: Turma 12.º 2, Didáxis