Clube de Xadrez A2D cai na Final Four da Taça de Portugal

Clube de Xadrez A2D cai na Final Four da Taça de Portugal

Depois do sucesso do Festival de Xadrez de Leiria em 2017, a Federação Portuguesa de Xadrez organizou do Festival de Xadrez da Maia em parceria com o clube de xadrez maiato Amanhã da Criança, contando com o apoio do Município da Maia, Junta de Freguesia da Cidade da Maia e da Associação de Xadrez do Porto. O Festival de Xadrez reuniu um conjunto de iniciativas ligadas à modalidade entre os dias 14 e 22 de julho de 2018.

O Clube de Xadrez A2D fez-se representar no dia 14 de julho com a equipa A na FINAL 4 da Taça de Portugal. A jovem equipa famalicense, atual detentora do título, não foi feliz perante a EX PORTO e perdeu por 3-1. No dia seguinte, também, pelo mesmo resultado a Académica de Coimbra bateu na final a equipa portuense e conquistou pela primeira vez a 40ª Taça de Portugal.
Em paralelo, decorreu o II Torneio Jovem de Xadrez da Maia e o CX A2D fez-se representar por José João Pinto, atual Campeão Distrital Escolar Infantil, que obteve o 16º lugar (3 pontos em 6 possíveis) em 28 participantes.

No âmbito do Programa de Formação Contínua da FPX realizou-se o Congresso de Xadrez “Do Tabuleiro à Sala de Aula, do Jogo à Estratégia Pedagógica” em paralelo com o Campeonato Nacional da I Divisão por Equipas. O Coordenador do CX A2D marcou a sua presença e foi um dos oradores no painel da parte da tarde denominado “Estratégias de abordagem ao Xadrez em contexto educativo” e, desta forma, relatou o percurso de sucesso do CX A2D nos 15 anos de existência em que um Clube Escolar de Xadrez se transformou numa potência do Xadrez federado.
O momento mais alto nesta semana de Xadrez intenso decorreu entre os dias 16 e 22 de julho, pois defrontaram-se as 10 melhores equipas do País num sistema de todos contra todos, com 9 sessões, reunidas no CN Equipas I Divisão.

O grande momento do Xadrez nacional coletivo teve como grande vencedor o GD Dias Ferreira: 8 vitórias e 1 derrota. O pódio ficou definido com a AX Gaia e GX Porto ao classificaram-se em 2º e 3º lugares, respetivamente. O jovem clube famalicense Clube de Xadrez A2D, que era à partida o 10º cabeça de série, ainda sonhou com a manutenção ao alcançar 2 vitórias e 1 empate nas três primeiras sessões. No entanto, nas restantes seis sessões não foi feliz apesar da excelente réplica em todos os jogos disputados. A equipa A do CX A2D, a única formação constituída apenas por jogadores portugueses que já conta com 4 presenças na elite nacional, classificou-se em 8º lugar e não conseguiu garantir a presença na 1ª Divisão Nacional por Clubes. Desta forma, na próxima época xadrezística, 2018/2019, disputará a 2ª Divisão Nacional. Chefiados pelo Coordenador do CX A2D, Mário Oliveira, a equipa A foi formada pelos atletas Mestre FIDE Luís Silva, Mestre Nacional Ivo Dias, Carlos Novais, Luís Romano, Adriano Macedo e Rui Pedro Gomes.

As duas equipas que também foram despromovidas à 2ª Divisão Nacional foram os clubes CX Montemor o Velho e ADRC Mata do Benfica que se classificaram em 9º e 10º lugares, respetivamente. Na próxima época, 2018/2019, juntar-se-ão ao CN Equipas da 1ª Divisão as recém-promovidas equipas EX PORTO, AA COIMBRA e AXAT – MONTEMOR O NOVO, depois de terem conquistado o 1º lugar em cada uma das três séries da 2ª Divisão.

Neste evento escaquístico, a nível individual, é de realçar as excelentes performances individuais do MI Jorge Ferreira (GD Dias Ferreira) que obteve a derradeira norma de Grande Mestre e do jovem atleta russo MI Maksim Vavulin (GX Porto) que obteve também norma de Grande Mestre.

Most Popular Topics

Editor Picks