CHMA: Jornal divulga fotografia de profissionais com sacos de plástico vestidos

O Jornal Expresso divulgou, esta terça-feira, que há profissionais no Centro Hospitalar do Médio Ave que andam a vestir sacos de plástico como método de proteção ao covid-19.

A publicação, através do testemunho de uma profissional do CHMA, relata o que terá acontecido na manhã desta terça-feira, devido à alegada falta de material na unidade de medicina de Santo Tirso, num momento em que a equipa de serviço se debatia com vários casos suspeitos de covid-19.

Metemos um saco na cabeça por cima da máscara, da touca e dos óculos e enfiamo um saco grande em cada perna que depois apertamos na coxa com adesivo

Testemunho de uma profissional de saúde ao jornal Expresso

O SINTAP – Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e Entidades com Fins Públicos, confirma ter recebido denúncias destes casos e a delegada Célia Moura acrescenta que “a falta de material tem sido recorrente”.

A administração do CHMA já se pronunciou, numa resposta enviada ao Expresso, os responsáveis negam a acusação da escassez de equipamentos.

O CHMA não teve, até ao momento, qualquer rutura de stocks de EPI’s (equipamento de proteção individual) e está a ser abastecido por fornecedores próprios e pela ARSN