Chamados a cuidar a Casa Comum

Chamados a cuidar a Casa Comum

A Universidade Lusíada Norte – Campus de Vila Nova de Famalicão promove no dia 18 de abril, a partir das 21h15, no salão nobre da instituição, uma conferência sobre o tema “Cuidar a Casa Comum – Para uma Ecologia Integral” com Bruno Nobre, professor na Universidade Católica Portuguesa, e Eduardo Rêgo, locutor de programas televisivos.

Em entrevista ao CIDADE HOJE, que pode ler na íntegra na versão papel, o professor Bruno Nobre, também sacerdote jesuíta, falou da questão ecológica como um «problema moral profundo», que deixa um rasto de destruição com muitas vítimas.

Ao falar de soluções, o conferencista recorda a Carta Encíclica Laudato Si do Papa Francisco, e fala de uma ecologia da vida quotidiana «porque cada decisão nossa tem impacto grande na forma como nos relacionamos com a natureza e na qualidade da nossa vida comum». O professor de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa apela a uma mudança de práticas que passam por um «compromisso efetivo» de cada um de nós e por ações concretas das instituições e de quem tem poder de decisão.

A entrada para esta conferência é livre.

Os oradores

Bruno Nobre, SJ: Sacerdote jesuíta, professor de Filosofia na Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (FFCS) da Universidade Católica Portuguesa e Colaborador do Centro Académico de Braga (CAB). É licenciado em Engenharia Física Tecnológica pelo Instituto Superior Técnico, em Lisboa, onde também concluiu o seu doutoramento em Física, com uma tese da área da física de partículas. Fez os seus estudos de Filosofia em Braga, na FFCS, e obteve o mestrado em teologia no Boston College, EUA, com especialização em teologia sistemática.

 

Eduardo Rêgo: Com uma formação de base acentuadamente humanista, tem dedicado os últimos 30 anos da sua vida à sensibilização ambiental, aprofundando conhecimentos e assinando a versão portuguesa e locução de centenas de documentários da natureza, emitidos em televisão e exibidos em certames nacionais e internacionais da especialidade, como o MIPTV de Cannes ou de Miami.
A dedicação pessoal e profissional às causas do ambiente granjeou-lhe o reconhecimento do público e dos meios de comunicação social (TV, Rádio e Imprensa escrita).

Most Popular Topics

Editor Picks