Chama-se BOB, é um supercomputador e está em Oliveira Santa Maria

O primeiro supercomputador português está instalado em Oliveira Santa Maria. O objetivo é aumentar a performance de computação do país em cerca de 10 vezes, graças a uma capacidade de memória de 266 TBytes, 1PByte de capacidade de armazenamento e 1 PFlop de capacidade de cálculo. Inclui 800 nós de computação.

Chama-se BOB e foi inaugurado esta sexta-feira, pelo Ministro para a Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor. Fica instalado no datacenter da REN, que é gerido pela REN e pela NOS.

«Estamos hoje aqui a construir o futuro», registou o governante, salientando que já está operacional, quando há dois anos era dito que seria impossível na Europa. A persistência tem a ver, disse o ministro, com «a ambição de ter o melhor que se faz no mundo ao nível dos sistemas que emergem ao nível da computação avançada e do processamento de dados».

O novo equipamento vai dar suporte às atividades do Minho Advanced Computing Centre, da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), que é quem vai gerir a infraestrutura, em parceria com a Universidade do Minho.

Este é o primeiro computador a funcionar mas está prevista a chegada de um segundo computador, o Deucalion, até final de 2020, em resultado de uma candidatura. Uma vez instalada, vem aumentar este computador em 10 vezes.

Já agora o nome BOB é uma espécie de homenagem a Bob Peterssen que foi com quem negociaram a entrada da máquina em Portugal, numa parceria entre a Fundação para a Ciência e Tecnologia e a Universidade do Texas, em Austin.

Este reforço da capacidade computacional nacional representa, também, uma oportunidade única para o tecido empresarial, permitindo elevar significativamente a sua capacidade de conceção, otimização e validação de novos produtos e serviços, abrindo importantes vias de criação de valor acrescentado para a economia Portuguesa.

Famalicão: Associação Nacional de Treinadores dá os parabéns a Duarte Nuno

A direção da Associação Nacional dos Treinadores de Futebol felicitou Duarte Nuno Gonçalves, treinador do GD Joane, pela conquista do título distrital da pró nacional da AF Braga. A felicitação é, também, extensiva a toda a sua equipa técnica.
Recorde-se que, no passado sábado, com a vitória (1-0) sobre o Selho a formação joanense garantiu o título e, consequentemente, a subida ao Campeonato de Portugal.
Depois do Santo Estêvão, da 1.ª para a divisão de honra, a subida do Joane é a segunda consecutiva na carreira do treinador.

Famalicão: Wagner Castro (CCD Ribeirão) entre os melhores no Nacional Olímpico Jovem

Wagner Castro, atleta do Clube Cultura e Desporto Ribeirão, em representação da Associação de Atletismo de Braga, conseguiu um novo recorde pessoal, no salto em altura, com 1.80, no decurso do Nacional Olímpico Jovem, que decorreu no passado fim de semana, em Lagoa, Algarve. No cômputo geral, foi o sétimo melhor saltador da prova.

O jovem atleta tem já um historial de convocatórias no seu percurso, incluindo o Mundial de Desporto Escolar, realizado no ano passado no Rio de Janeiro, Brasil, no qual foi medalhado na prova de salto em comprimento.

Famalicão: Rafael Pereira (AD Pedome) vence prova de 10km em Esposende

Rafael Pereira, da AD Pedome, venceu a prova de 10km, integrada na Meia Maratona do Cávado, que decorreu no passado domingo.

O atleta correu a distância pelas ruas de Esposende em 32.01. Rafael «têm demonstrado, ao longo das últimas épocas, o seu potencial e paixão pela modalidade, bem como pela associação que representa», elogia a secção de atletismo da AD Pedome.

A prova foi uma organização dos Amigos da Montanha, sendo que a Meia Maratona uniu as duas cidades.

Famalicão: Nos dias 15 e 16 de junho, FAC joga a final four da Liga de Clubes de badminton

A equipa de badminton do FAC apurou-se, no passado fim de semana, para a final four da Liga de Clubes. A competição terá lugar nos dias 15 e 16 de junho, nas Caldas da Rainha.

O apuramento aconteceu, também, nas Caldas da Rainha, no decurso da terceira fase regular da Liga. O FAC foi representado por Tiago Carvalheira Araújo, Diogo Marques Barbosa, Simão Oliveira Ferreira, Adriana Gonçalves, Sónia Gonçalves, Catarina Mesquita Martins e Joana Miranda Oliveira. Na partida com o SIMPS, vitória, por 5-0, mas com CDRP da Madeira houve derrota, 1-4. No entanto, no final das três fases de apuramento, a equipa famalicense conseguiu um lugar na derradeira e decisiva fase da competição.

FC Famalicão joga primeira partida do play-off no sábado

No próximo sábado, a equipa feminina do FC Famalicão joga a primeira partida do play-off, tendo como adversário o Vitória SC. O jogo está marcado para as 11 horas, no campo número 2 do Estádio Municipal.

Trata-se de um momento decisivo no percurso da equipa treinada por Rui Baptista que, esta época, viu-se relegada para esta decisão que vai determinar, ou não, a manutenção na Liga BPI, principal campeonato nacional de futebol feminino.

Este play-off é a duas mãos, com o segundo jogo já marcado para o dia 2 de junho, às 11 horas, em casa do Vitória SC.

Famalicão: Debate sobre “A infância e a felicidade”

“Infância e a felicidade” é tema para debate e reflexão esta quinta-feira, dia 23 de maio, em mais uma sessão do VI Ciclo de Conferências em Educação, com Raquel Corval, psicóloga coordenadora do Eixo Desenvolvimento e Educação. Está marcado para o auditório da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, às 21h00.

A iniciativa tem como ponto de partida o ‘Brincar: criança feliz, adulto feliz’ e o debate é feito em torno da importância do desenvolvimento da criança nos primeiros anos e da valorização dos estímulos a que são expostas para o seu desenvolvimento. Estudos dizem que as crianças precisam de mais tempo livre, mais tempo para brincar, mais contacto com a natureza, uma escola interessante, espaços mais desafiantes, o envolvimento dos pais e a sensibilidade para este tema.

As inscrições podem ser feitas em www.famalicaoeducativo.pt