Famalicão: Idosa fica desalojada depois de incêndio que lhe destruiu apartamento

Uma idosa ficou desalojada depois do apartamento onde residia, na Rua Camilo Castelo Branco, no centro de Famalicão, ter sido parcialmente destruído na sequência de um fogo que deflagrou esta madrugada.

O alerta para o fogo foi dado por volta das das 2h00.

O incêndio foi combatido pelas duas corporações de bombeiros da cidade.

A moradora conseguiu abandonar o local ilesa, tendo sido acolhida por familiares.

Ainda não foram apuradas as causas do incêndio mas tudo aponta para um curto circuito.

Braga: Bombeiros Famalicenses participam em resgate de moradores de prédio onde ocorreu um incêndio no r/c

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses participaram, na madrugada desta segunda-feira, nos trabalhos de resgate de moradores de um prédio onde deflagrou um incêndio, em Braga.

O fogo, que deflagrou perto das 03h00, consumiu o r/c do prédio que tem sete pisos, havendo a necessidade de resgatar os restantes moradores – cerca de 30 – com recurso a auto-escada.

Sete famílias ficaram desalojadas e três pessoas tiveram que ser transportadas para o Hospital de Braga.

Joane: Família fica desalojada depois de incêndio na habitação onde residia

Um incêndio, que deflagrou no sótão de uma habitação localizada na Rua do Telhado, em Joane, Vila Nova de Famalicão, deixou uma família desalojada, esta madrugada.

O alerta para o incêndio foi dado por volta das 03h00 aos B.V. Famalicenses.

Segundo aquela corporação de bombeiros, o foco de incêndio ficou circunscrito ao sótão da habitação contudo o rescaldo foi demorado devido à tipologia de construção da habitação.

Não houve registo de feridos. As pessoas residentes naquela habitação foram acolhidas por familiares.

A GNR também esteve no local.

Atualização: Incêndio em residência de Arnoso Santa Maria começou na salamandra

Segundo informações recolhidas pela Cidade Hoje, o incêndio que deflagrou esta manhã, numa casa de Arnoso Santa Maria, na Rua das Lages, começou na salamandra de aquecimento da habitação, propagando-se, depois, ao telhado que foi totalmente tomado pelas chamas.

Deste modo, a casa deixou de ter condições de habitabilidade. As três pessoas que ali residem, serão acolhidas junto de familiares.

O incêndio está em fase de resolução pelos BV Famalicenses que têm no local 15 voluntários e seis veículos.

Most Popular Topics

Editor Picks