Famalicão: Município continua a entregar Equipamentos de Proteção Individual

O Município de Famalicão continua a ceder equipamento de proteção individual a instituições que estão na linha da frente, como hospitais, centros de saúde, bombeiros, forças de segurança, Cruz Vermelha, etc. Na última reunião de Câmara, realizada esta quarta-feira, foi feita uma nova atualização dos equipamentos entregues, por força de doações ou aquisições do município.

Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal, esclarece que no início da pandemia as solicitações eram mais mas que, entretanto, também as instituições se foram adaptando às exigências. No entanto, garante que o município «vai manter-se atento às necessidades e não deixará de apoiar sempre que for necessário».

Proteção Civil envia nova SMS à população: “Dever geral de recolhimento domiciliário”

A Proteção Civil continua a fazer o envio massivo de mensagens escritas ( SMS ) para os telemóveis dos portugueses.

Na mensagem mais recente, enviada esta sexta-feira, a ANEPC informa que que durante as duas próximas semanas há dever geral de recolhimento domiciliário.

A medida vigora desde esta sexta-feira e está relacionada com o aumento drástico de novos casos Covid-19 em Portugal.

D. Jorge Ortiga pede «escrupuloso» cumprimento das medidas do novo confinamento

Em virtude do novo confinamento decretado pelo governo, o Arcebispo Primaz, D. Jorge Ortiga, pede aos fiéis que sejam «exímios cumpridores» das medidas estipuladas em Conselho de Ministros. «Seremos cumpridores escrupulosos de tudo quanto nos é determinado», começa por dizer.

O prelado afirma que, com o confinamento, será ainda mais necessário que a comunidade se una, tornando a circunstância numa oportunidade de «solidariedade afectiva e solicitude efectiva», concretizando «uma fraternidade que a pandemia não só não pode destruir mas, antes pelo contrário, deve tornar mais forte e consistente», apela.

O Arcebispo sublinha a oportunidade de os fiéis participarem nas eucaristias e pede que se evitem outro tipo de celebrações que, fora do âmbito litúrgico, possam provocar mais contágios.

Neste sentido, casamentos e baptizados devem ser adiados, «não pela celebração em si, mas por aquilo que provocam. Poderão estar presentes poucas pessoas. Só que, mesmo que sejam famílias, procedem de ambientes diferentes e podem tornar-se portadores do vírus provocando contágios que deverão ser evitados», alerta.

Estado de Emergência: Fundação Cupertino de Miranda encerrada

A Fundação Cupertino de Miranda encerra os seus espaços a partir desta sexta-feira, cumprindo as recomendações da Direção-Geral da Saúde de combate à pandemia covid-19.

De forma a manter o contacto com o público, a instituição está disponível através do e-mail [email protected] ou pelo telefone 252 301 650. Pode, também, acompanhar a FCM nas redes sociais em www.cupertino.pt

Most Popular Topics

Editor Picks