Famalicão: Espaços culturais e desportivos com maior afluência dotados de desfibrilhadores automáticos

A Câmara Municipal de Famalicão anunciou, esta quinta-feira, que colocou dez desfibrilhadores automáticos no Pavilhão das Lameiras, no Pavilhão Municipal de Delães, no Pavilhão Municipal Terras de Vermoim, no Pavilhão Municipal de Vila Nova de Famalicão; nas Piscinas Municipais de Vila Nova de Famalicão; nas Piscinas Municipais de Ribeirão; nas Piscinas Municipais de Oliveira S. Mateus; nas Piscinas Municipais de Joane; na Casa das Artes e no Parque da Devesa.

A aquisição deste equipamento insere-se no Programa Municipal de Desfibrilhação Automática Externa (PDAE) implementado pelo município e licenciado pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Para já o programa implicou um investimento municipal na ordem dos 15 mil euros, envolvendo cerca de meia centena de colaboradores municipais em formação especifica. A formação foi concretizada pela CESPU e a certificação foi atribuída pelo INEM.

Os desfibrilhadores são dispositivos portáteis que permitem, através de elétrodos adesivos colocados no tórax de uma vítima em situação de paragem cardiorrespiratória, analisar o ritmo cardíaco e recomendar ou não um choque elétrico, podendo salvar vidas.

A Câmara Municipal tinha já adquirido, em 2018, um desfibrilhador automático para equipar o Estádio Municipal de Vila Nova de Famalicão e a Academia do Futebol Clube de Famalicão.

Confinamento: CDS apela ao esforço coletivo e eficácia dos apoios governamentais à economia

Perante as medidas que ditam um novo confinamento, a Concelhia do CDS-PP lança um apelo à população para que seja cumpridora «de forma a que os números permitam a inversão da curva e o aligeirar das medidas de confinamento».

O apelo é, também, ao rigor na fiscalização, esperando o CDS-PP que o conjunto de novas medidas seja acompanhado por outras mais eficazes «no apoio à economia e aos setores de atividade afetados por este novo confinamento», temendo que o futuro traga o encerramento definitivo de muitas empresas e, consequentemente, a perda dos postos de trabalho.

A estrutura concelhia liderada por Ricardo Mendes assinala, que nos últimos meses, «as inúmeras queixas sobre a ineficácia das medidas e as dificuldades que os cidadãos e as empresas registaram no acesso a planos de apoio à economia», devem ser ultrapassadas para se evitarem danos maiores à economia e ao emprego.

Famalicão: UD Calendário suspende atividade desportiva

A União Desportiva de Calendário, em comunicado emitido esta quarta-feira, dá conta que suspende toda a atividade desportiva.

Esta tomada de decisão é feita com «toda a responsabilidade» e tendo por base «os atuais desenvolvimentos ao nível da saúde pública», devido à pandemia covid-19.

Recorde-se que a UD Calendário compete na Divisão de Honra da Associação de Futebol de Braga.

Famalicão: Utentes e profisionais do Centro Social de Brufe já tomaram a primeira dose da vacina

Esta quarta-feira, os utentes e profissionais do Centro Social e Paroquial de Brufe tomaram a primeira dose da vacina contra a covid-19.
A vacina foi administrada pela equipa de enfermagem do Agrupamento de Centros de Saúde de Famalicão.
O momento foi assinalado pela instituição, com uma mensagem nas redes sociais que fala de um sinal de «esperança e segurança para todos».

Covid-19: Vacina já chegou à Associação Teatro Construção

Os utentes e colaboradores da Residência da Associação Teatro Construção, de Joane, receberam, na manhã desta quarta-feira, a primeira dose da vacina contra a Covid-19, estando prevista a toma da segunda dose para o início do mês de fevereiro.
O dia 13 de janeiro «poderá ficar marcado na memória de todos os residentes, na medida em que traz uma esperança e uma luz que permita voltar à “normalidade”, apesar de termos consciência da importância da continuidade no que diz respeito a todas as medidas de higiene e segurança». A vacina pode «ser um grande passo no que diz respeito ao combate à doença, mas também no combate ao isolamento e distanciamento social que tanto tem afetado todos os residentes e seus familiares», escreve a instituição joanense numa publicação nas redes sociais.

Eleições Presidenciais: Eleitores em confinamento podem pedir voto antecipado a partir de quinta-feira

Os eleitores em confinamento obrigatório devido à covid-19 podem pedir, a partir desta quinta-feira e até domingo, o voto antecipado nas Presidenciais de 24 de janeiro. O pedido deve ser feito junto da junta de freguesia onde está recenseado ou em https://www.votoantecipado.mai.gov.pt.

Só poderão fazer este pedido os eleitores a quem tenha sido decretado confinamento pelas autoridades de saúde pública até quinta-feira, 14 de janeiro, dez dias antes das presidenciais. É o que estipula a lei aprovada em outubro, que regula o direito de voto antecipado para os eleitores que estejam em confinamento obrigatório, devido à pandemia, em atos eleitorais e referendários em 2021.

Assim, quem vier a ser confinado a partir de sexta-feira, seja por estar doente seja por isolamento profilático, já não poderá pedir para votar antecipadamente.

Os idosos confinados em lares também podem fazer a inscrição para o voto antecipado neste prazo, entre quinta-feira e domingo.

A recolha de votos, em casa da pessoa confinado ou no local onde está a fazer o confinamento, acontecerá em 19 e 20 de janeiro, por alguém designado pela Câmara Municipal, que pode ser o presidente, um vereador ou um funcionário camarário devidamente credenciado, que têm de cumprir uma série de regras sanitárias.

Cada elemento da equipa que vai recolher o voto deve usar equipamentos de proteção individual, segundo as regras definidas pela Direção-Geral da Saúde.

O eleitor, que aguarda à entrada de sua casa, deve ter uma máscara corretamente colocada, deve desinfetar as mãos antes e após a manipulação dos envelopes onde vai colocar o boletim de voto, e usar a sua própria esferográfica ou caneta.

Os subscritos com os boletins de voto, antes de serem enviados para as mesas de voto respetivas, ficam em quarentena, durante 48 horas, em instalações da Câmara Municipal.

Most Popular Topics

Editor Picks