Coronavírus: Citeve condiciona deslocações e cancela atividades

O Centro Tecnológico da Indústria Têxtil e do Vestuário (CITEVE) tomou, esta quarta-feira, medidas preventivas sobre o COVID-19. Estão condicionadas visitas, deslocações e canceladas atividades.
Confira o comunicado:
Num quadro de atuação preventiva e responsável, e na sequência das recomendações e orientações da Direção-Geral da Saúde para a adoção de medidas preventivas e de contingência à propagação da COVID-19, o CITEVE decidiu implementar as seguintes medidas, que entram em vigor de imediato e estarão ativas até informação em contrário:
  1. Está fortemente condicionada a deslocação de profissionais do CITEVE a empresas e outras organizações. Sempre que possível, estas deslocações serão substituídas pela realização de videoconferências.
  2. Estão suspensas todas as reuniões a realizar nas instalações do CITEVE. As já previstas ou agendadas serão substituídas por videoconferências.
  3. As conferências e workshops previstas para as instalações do CITEVE serão adiadas ou substituídas por webinars. Nestes casos, os participantes inscritos serão contactados para suporte na utilização dos meios digitais necessários.
  4. As ações de formação serão adiadas ou substituídas por webinares mediante o modelo que melhor se ajustar à realização das mesmas em função dos seus objetivos, conteúdos e atividades.
  5. Manter-se-á em funcionamento a receção de amostras e mercadorias, embora condicionada aos procedimentos de segurança excecionais implementados na receção do CITEVE.

O CITEVE manterá atualizada a informação sobre as medidas que for implementando nos seus habituais meios de comunicação (infomail, site e redes sociais).

Coronavírus: Famalicense infetado recupera em casa

Segundo últimas informações, o famalicense infetado com o coronavírus está em casa, sob monitorização do Serviço Nacional de Saúde (Saúde 24). A mulher e filho estão de quarentena, igualmente em casa.

Recorde-se que o homem, residente em Brufe, com mais de 50 anos, esteve internado no Hospital de S. João, depois da confirmação de que está infetado pelo coronavírus. Pai e filho, com sintomas da doença, foram internados na unidade hospitalar do Porto, na passada segunda-feira. O filho, depois de duas análises, deu negativo.

Confirmado primeiro famalicense com coronavírus

Um famalicense, residente em Brufe, com mais de 50 anos, está internado no Hospital de S. João, depois de confirmado, em primeira análise, que está infetado pelo coronavírus. Pai e filho, com sintomas da doença, foram internados na unidade hospitalar do Porto, esta terça-feira. O filho, depois de duas análises, deu negativo, pelo que deverá ter alta em breve. Já o pai, após primeira análise, deu positivo e aguarda contra-análise. A mãe está em casa de quarentena.

Cidade Hoje apurou que o jovem, estudante universitário, esteve em contacto com um professor, também ele infetado com o vírus. Poderá ter sido este o foco que desencadeou a doença no seio familiar.

Coronavírus: AFSA cancela jornada deste fim de semana

A Associação de Futebol de Salão Amador acaba de determinar o cancelamento da jornada deste fim de semana. Recorde-se que esta terça-feira, a associação que organiza os campeonatos concelhios de futsal, assumia, em comunicado a realização dos jogos. No entanto, com o evoluir da situação decorrente do coronavírus e das recomendações da Comissão Municipal de Proteção Civil, a AFSA decidiu cancelar a jornada desportiva.

No decurso da próxima semana, a AFSA toma nova posição sobre as jornadas futuras.

Coronavírus: Bancos aconselham clientes a usar canais digitais

Os bancos estão a aconselhar os clientes a evitar idas aos balcões para travar a propagação do coronavírus, devendo privilegiar os canais digitais como o homebanking ou as aplicações das instituições. No caso de compras, é recomendado que façam os pagamentos com cartão, se possível contactless.

A Associação Portuguesa de Bancos (APB) em comunicado, lembra que operações do dia-a-dia como transferências bancárias, pagamento de serviços ou carregamentos de telemóveis podem ser executadas através do homebanking ou app do banco, bem como das máquinas de self-service instaladas nas agências ou da rede de ATMs.

Coronavírus: Recomendações da Comissão Municipal de Proteção Civil

Em resultado da reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil, ocorrida nesta terça-feira (9.03.2020) sobre a necessidade de planear a estratégia de prevenção e contingência face ao COVID-19, foi determinado a recomendação das seguintes medidas:

– Reforço da divulgação das medidas estabelecidas pela Direção-Geral de Saúde no que concerne à de proteção individual, designadamente:

etiqueta respiratória:

  • tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir
  • utilizar um lenço de papel ou o braço, nunca com as mãos (deitar o lenço de papel no lixo);
  • lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir

reforçar as medidas de higiene:

  • lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou com uma solução de base alcoólica;
  • evitar contacto próximo com doentes com infeções respiratórias

– Os tratamentos de saúde (exemplo: fisioterapia) não urgentes que careçam de transporte através dos Corpos de Bombeiros devem ser suspensos;

– A entrada e saída de pessoas nas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) em especial em Lares de Idosos, bem como nas instituições educativas, devem estar condicionadas ao estritamente necessário;

– Devem ser equacionados a realização de eventos culturais, religiosos e desportivos, que promovam um grande aglomerado de pessoas, assim como o encerramento de equipamentos de utilização coletiva como: ginásios, piscinas, locais de culto religioso, onde em potência, pode haver uma maior propagação de vírus.

– Qualquer pessoa com sintomas gripais (febre, tosse, dificuldade respiratória) deve ligar para o SNS 24 (808 24 24 24), antes de se dirigir a um serviço de saúde e seguir todas as recomendações.

A Comissão Municipal de Proteção Civil, em conjunto com o Pelouro da Saúde Publica, está a acompanhar o processo de evolução do COVID-19, e em caso de necessidade, propor um acréscimo de medidas preventivas à disseminação do vírus.

Most Popular Topics

Editor Picks