Continental oferece mais um ecógrafo ao hospital de Famalicão

A Continental ofereceu um ecógrafo ao Centro Hospitalar do Médio Ave, em Famalicão.

É um equipamento, no valor de 20 mil euros, que vai para a futura Clínica da Mulher e da Criança, uma obra que fica pronta em março deste ano.

A entrega do ecógrafo aconteceu esta quinta-feira, no centro Hospitalar. O diretor executivo da Continental, Pedro Carreira, explicou que os laços solidários com o Hospital têm alguns anos. Em três anos, ofereceram dois ecógrafos e um raio-x.

O Centro Hospitalar agradece o apoio da comunidade e das empresas. O presidente do Conselho de Administração, António Barbosa, disse que os melhores profissionais precisam dos equipamentos certos para fazer os diagnósticos mais corretos.

BE questiona Governo sobre falta de ortopedistas no Hospital de Famalicão

Os deputados do Bloco de Esquerda eleitos pelo círculo eleitoral de Braga, José Maria Cardoso e Alexandra Vieira, questionaram o Governo sobre a falta de ortopedistas no Centro Hospitalar do Médio Ave (CHMA), em Famalicão.

No documento entregue na Assembleia da República, os deputados recordam que «a Unidade Hospitalar de Famalicão não teve atendimento de ortopedia na noite de natal de 2019, com os utentes a serem encaminhados para Braga ou para o Porto».

Assim, pretendem saber quais as medidas já implementadas pelo CHMA para fazer face às dificuldades com a escala de ortopedia e o que está a ser feito para que este serviço seja disponibilizado na sua plenitude.

Alunos da CESPU vão ter hospital escola

O Trofa Saúde Hospital do Senhor do Bonfim, em Vila do Conde, vai permitir que centenas de alunos possam lidar com cenários reais; utilizar tecnologias de ponta; contactar com novos métodos e equipamento hospitalar, bem como interagir com os sistemas informáticos essenciais na prestação de cuidados de saúde.

O novo Hospital Escola, pretende implementar formação para diversas profissões da saúde, com destaque para o ensino da Medicina, entre outros, para que os estudantes e futuros profissionais tenham a possibilidade de experienciar todas as vivências de um grande hospital, interagindo adequadamente com profissionais já formados, utentes e também apoio às respetivas famílias.

O projeto educativo surge na sequência da criação da Associação Ensinar Saúde Norte, no âmbito de uma parceria entre a CESPU – Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário, e o Grupo Trofa Saúde (GTS).

O GTS vai disponibilizar as instalações do Senhor do Bonfim aos estudantes da CESPU para o ensino das profissões da saúde e, por outro lado, a instituição de ensino, que tem um polo em Vila Nova de Famalicão, disponibilizará também recursos humanos adequados ao ensino pré-graduado, integrando-os na dinâmica do hospital.

O anúncio oficial terá lugar na manhã de terça-feira, dia 14, em conferência de imprensa, no âmbito de uma sessão científica, denominada “Ensinar Saúde”, que contará com a presença, entre outros, do ex-ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, da Vice Reitora da Universidad Alfonso X – El Sabio de Madrid, Iris Núñez Trebol, e de vários professores da Faculdade de Medicina do Porto.

O Trofa Saúde Hospital do Senhor do Bonfim tem 570 camas, 7 dos mais modernos blocos cirúrgicos e uma moderna unidade de cuidados intensivos, entre outras valências.

Bloco quer obras em três unidades de saúde de Famalicão

O Bloco de Esquerda entregou, na Assembleia da República, uma pergunta ao Governo, sobre os cuidados de saúde primários no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Ave, em Vila Nova de Famalicão.

Os bloquistas pretendem que o Ministério da Saúde esclareça se vão ser efetuadas obras de beneficiação e ampliação da unidade de Famalicão, na Avenida 25 de Abril; se na USF Antonina, em Requião, vão ser realizadas obras de adaptação e beneficiação; e se está prevista a construção da nova unidade de saúde em Joane.

O Bloco de Esquerda pretende aferir «se estas obras vão ser efetuadas, de modo a que a população servida por estas unidades possa ter acesso a cuidados de saúde de proximidade em instalações consentâneas».

Esta tomada de posição acontece depois de uma reunião com a direção do ACES do Ave, na qual esteve José Maria Cardoso, deputado eleito pelo circulo eleitoral de Braga, e Raquel Azevedo, dirigente concelhia e distrital.

Este Natal, dê sangue

Nesta quadra natalícia dê um pouco de si e salve vidas. No domingo, dia 8, a Associação de Dadores de Sangue promove duas colheitas de sangue: uma na Escola Básica de Delães e outra no quartel dos Bombeiros Voluntários Famalicenses, que dão estacionamento gratuito.

Abertas a toda a população, as colheitas decorrem entre as 9 horas e as 12h30. A recolha é feita com toda a segurança, pelo Instituto Português do Sangue e da Transplantação.

Este sábado, dia 7, há também colheita de sangue no Hospital de Santo Tirso e nos dias 14 e 21 acontece no Hospital de Famalicão. Nas duas unidades hospitalares, decorre das 9 às 12h30 e das 13 horas às 15h30.

O lema do Centro Hospitalar do Médio Ave é “Um presente que salva vidas”.

Para mais informações contactar o Centro Hospitalar do Médio Ave através dos números 252 300 800 ou 252 830 700.

CHMA assinala dia mundial do AVC em Famalicão

O Serviço de Medicina Interna do Centro Hospitalar do Médio Ave vai organizar esta terça-feira, no Auditório da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, a 2ª Reunião do Acidente Vascular Cerebral do CHMA no âmbito do Dia Mundial do AVC

O programa conta com a abordagens de diversas temáticas associadas aos “Avanços no Tratamento do AVC em Fase Aguda” e “E após a alta? Perspetivas na continuação dos cuidados de reabilitação”.

A segunda parte do evento é destinada a Workshops sobre a Via Verde do AVC e a Disfagia.

Most Popular Topics

Editor Picks