Ralis: Solidariedade sobre rodas

O piloto Pedro Almeida e toda a sua equipa visitam, na tarde desta quinta-feira, a Casa de Nossa Senhora da Conceição, em Portimão, instituição de acolhimento de crianças e jovens em risco. Esta é mais uma visita no âmbito do projeto de responsabilidade social que Pedro Almeida lançou esta época, em cada localidade por onde passou o Campeonato de Portugal de Ralis. O piloto famalicense vai estar com os cerca de 30 jovens que estão na instituição.

No plano desportivo, na sexta-feira e sábado, disputa-se a derradeira prova do campeonato nacional, o Rallye Casinos do Algarve. Pedro Almeida volta a ter Miguel Ramalho como navegador e enfrenta a prova como mais uma etapa na sua evolução e «procurar entrar nos pontos que nos permitam fechar de forma positiva este campeonato» diz o piloto do Skoda Fabia R5. Mesmo assim, Pedro Almeida não esconde que a próxima época já faz parte dos seus pensamentos, pelo que «vamos explorar ao máximo a competição para melhorar setup no carro. Os testes dão-nos indicadores, mas na competição tiramos sempre novas referências para o futuro, que serão fundamentais para a evolução que desejamos».

A prova algarvia tem meia centena de pilotos inscritos e, além das decisões do titulo nacional de pilotos, pontua também para o FIA Iberian Rally Trophy .

O Casinos do Algarve começa esta sexta-feira, com o Shakedown e Qualifying Stage logo pela manhã, na zona de Porches, tendo depois 10 classificativas cronometradas, que se estendem até à tarde de sábado.

Taça de Portugal de Rally em carros elétricos passa por Famalicão

A primeira edição da Taça de Portugal de Rally em Carros Elétricos vai passar por Famalicão no dia 26 de outubro, na Avenida de França.

A iniciativa conta com o apoio da AMAVE – Associação de Municípios do Vale do Ave e envolve os municípios de Guimarães, Fafe, Vizela, Famalicão e Santo Tirso.

Esta é uma competição reservada a viaturas de série, que vão correr em circuitos citadinos e de rally, além de rampas. Vence quem for mais regular.

Esta Taça de Portugal Novas Energias começa no dia 25 de outubro, em Guimarães, e termina no dia 27, em Santo Tirso.

A apresentação da prova decorreu esta semana, na sede da AMAVE. Esteve presente, o presidente da Câmara de Famalicão. Paulo Cunha disse que o objetivo é provar que se pode ser competitivo e, ao mesmo tempo, amigo do ambiente. «Não escondemos que esta é uma competição com dimensão pedagógica», comentou Paulo Cunha.

3ª Especial Sprint Bombeiros Voluntários de Famalicão

O centro da cidade recebeu este sábado a 3ª Especial Sprint Bombeiros Voluntários de Famalicão.

As ruas encheram-se para assistir a mais uma prova de velocidade.

A prova disputou-se em duas mangas e uma Super Final

No fecho os grandes vencedores foram Luís Silva seguido de Pedro Almeida e em 3º lugar Sérgio Nogueira.

A organização classificou este evento como mais um sucesso em Famalicão no que diz respeito ao desporto motorizado.

Pedro Almeida com resultado excelente no Rali Vinho Madeira

Pedro Almeida foi o mais jovem piloto a conduzir um R5 no Rali Vinho Madeira, terminando uma das mais exigentes provas do campeonato Portugal ralis na quinta posição, oitavo da classificação geral, mantendo a excelente campanha em termos de campeonato.

O piloto de Famalicão, de apenas 20 anos de idade, acompanhado por Nuno almeida, enfrentou com mestria as difíceis estradas da “Perola do Atlântico” pela primeira vez: “Para estreia, este foi um excelente resultado, tendo em conta que desconhecia por completo os troços do exigente rali da madeira. Já me tinham alertado para esse facto e não fiquei com duvidas, o primeiro ano é sempre mais difícil, o que concordo plenamente. Ainda assim estivemos em grande nível competitivo, tendo em conta o elevado número de pilotos madeirense e os continentais conhecedores profundos do rali, só podemos estar orgulhosos do trabalho que fizemos”; salientou Pedro Almeida que ficou bastante agradado com a evolução, tendo cumprido na integra com o plano idealizado para esta jornada; “Não tendo o conhecimento destes troços tornou tudo bem mais difícil. Evoluímos bastante, infelizmente apenas tivemos o primeiro contato com carro nos testes que antecederam o rali, que serviu para encontrar o melhor spt-up nos troços técnicos e abrasivos do rali. Fomos ganhando andamento e confiança ao longo do rali, assim como conhecendo melhor o Fiesta R5 neste tipo de piso. No final, o resultado foi de todo positivo. Quando se tem uma equipa como a ARC Sport e um publico e uns aficionados que se envolvem desta forma, só podemos estar satisfeitos e quero voltar para o ano, O sonho foi concretizado”. Reforçou o piloto do Ford Fiesta R5 que deliciou os milhares de aficionados que vibraram em mais uma edição do rali Vinho Madeira.

Após o período de férias o CPR está de regresso com a realização do Rali de Amarante/Baião, nas estradas de asfalto nos dias 21 e 22 de setembro.

 

 

Armindo Araújo foi 4º do CPR no Rali Vinho Madeira

Armindo Araújo e Luís Ramalho terminaram o Rali Vinho Madeira na quarta posição do Campeonato de Portugal de Ralis, sexta da geral, e partem para as duas últimas provas do calendário com uma margem confortável na liderança da classificação, após um rali onde um furo comprometeu, em absoluto, a luta pela vitória e discussão dos lugares do pódio.

Depois de ter iniciado o rali na liderança e ter dominado os acontecimentos até à quinta especial de classificação, entre os concorrentes do CPR, a dupla do Hyundai i20 R5 perdeu mais de três minutos na segunda passagem por Palheiro Ferreiro, quando se viu obrigada a parar em pleno troço para mudar a roda esquerda. “Começamos bem este rali e estávamos a liderar o CPR mas acabamos por furar e perder imenso tempo a partir desse momento. Sabíamos que conseguiríamos recuperar algumas posições, mas também que dificilmente subiríamos a um lugar no pódio. Terminamos em quarto e conseguimos minimizar as perdas, numa prova onde tivemos algumas dificuldades em acertar com as afinações para os troços madeirenses e para a forma como gosto de guiar”, começou por dizer Armindo Araújo no final da prova.

Em termos de campeonato, o piloto de Santo Tirso sai do Rali Vinho Madeira com 22,93 pontos de vantagem sobre Ricardo Teodósio e mais de trinta sobre José Pedro Fontes e Miguel Barbosa, quando faltam 60 pontos para disputar. “Perdemos alguns pontos, mas continuamos com uma margem interessante na liderança da classificação. Apesar de não termos alcançado o resultado que esperávamos continuamos na frente e o lote de candidatos ao título está cada vez mais reduzido. A partir de agora apenas quatro equipas podem conquistar o campeonato e estamos obviamentem muito satisfeitos por sermos uma delas e a que mais perto está desse objetivo. Vamos para Amarante motivados e focados em colocar o Hyundai novamente nos primeiros lugares”, disse ainda o piloto do Team Hyundai Portugal |Armindo Araújo.

O Rali de Amarante / Baião é a próxima prova do CPR e vai para a estrada nos próximos dias 21 e 22 de Setembro.

Armindo Araújo volta às estradas da Madeira

O Campeonato de Portugal de Ralis está de visita à ilha da Madeira e a caminho das derradeiras provas da temporada. O Rali Vinho Madeira, a sétima e penúltima prova do calendário trará, no seu final, uma maior definição quanto ao lote de pilotos que poderão discutir o título absoluto de 2018. Armindo Araújo e Luís Ramalho lideram a classificação e partem, para a prova insular, focados em conseguir o melhor resultado possível para as contas do CPR. Sem competir nas estradas da Perola do Atlântico desde 2006, Armindo Araújo espera conseguir lutar pelas primeiras posições da classificação.

“É ótimo voltar a disputar um rali como este e que não deixa nenhum piloto indiferente. As classificativas da Madeira têm características muito particulares o que tornam a prova muito exigente. Temos de perceber que a oposição estará muito forte, pois tem vindo a disputar este rali todos os anos, mas vamos lutar pelas primeiras posições como fazemos em todas as provas”, começa por dizer o piloto de Santo Tirso. Com muitos pilotos locais em máquinas tão competitivas como o Hyundai i20 R5 do Team Hyundai Portugal | Armindo Araújo, a discussão pela vitória à geral na prova organizada pelo Club Sports Madeira passará certamente por algumas destas equipas. Para o líder do campeonato “o nosso principal objetivo é naturalmente as contas do CPR. Obviamente que todas as equipas presentes gostariam de poder vencer uma prova como o Rali Vinho Madeira e nós não somos exceção. Com basicamente duas provas distintas dentro de uma temos que nos focar no mais importante e isso é claramente a matemática que nos permita chegar ao título no final do ano”, concluiu Armindo Araújo.

O Rali Vinho da Madeira tem início na próxima sexta-feira, dia 3 de Agosto e termina no domingo, dia 5, após a disputa de 19 especiais de classificação.

Most Popular Topics

Editor Picks