Braga: Luan Santana dá concerto esta sexta-feira

O cantor e compositor brasileiro Luan Santana vem a Braga para um concerto já na próxima sexta-feira, às 22h00, no Altice Forum Braga.

Com apenas dez anos de carreira enquanto músico profissional, Luan já arrecadou mais de 65 prémios atribuídos pelas mais prestigiantes entidades, sendo também considerado pela conhecida revista Billboard como um dos artistas mais influentes do mundo nas medias sociais.

Com nove discos gravados, entre registos ao vivo e em estúdio, já conquistou, só em Portugal, a marca de seis discos de Platina e dois de Ouro. Mas mundialmente vendeu mais de cinco milhões de discos. No Brasil, é o artista que detém o recorde por ter atingido mais vezes o topo da tabela de airplay Hot 100 da Billboard brasileira.

Os últimos bilhetes para esta sexta-feira estão disponíveis para venda na plataforma Ticketline.

Trabalhadores de aeroportos realizam concentração na quarta-feira para exigir estacionamento

A iniciativa conta com a participação das comissões de trabalhadores (CT) da Portway e da TAP, além da da Grounforce, e com o Sindicato dos Técnicos de Manutenção e Aeronaves (Sitema) e o Sindicato dos Trabalhadores dos Aeroportos, Manutenção e Aviação (STAMA).

Segundo fonte da CT da Grounforce, os trabalhadores vão concentrar-se, em plenário, junto à entrada do metro no aeroporto de Lisboa, cerca das 11:00, deslocando-se de seguida para o Ministério das Infraestruturas e Habitação, para entregar ao ministro Pedro Nuno Santos o abaixo-assinado “Estacionamento nos Aeroportos, Para os Trabalhadores” com cerca de 2.000 assinaturas.

“Vamos entregar o abaixo-assinado ao Sr. Ministro e exigir a suspensão do pagamento de estacionamento nas zonas limítrofes aos aeroportos até que se encontre uma solução definitiva, bem como o pagamento de indemnização aos trabalhadores pelas multas de estacionamento suportadas desde a privatização da gestão dos aeroportos portugueses”, lê-se num comunicado divulgado pela CT da Grounforce.

Segundo explicou um elemento da CT à agência Lusa, “a ação é transversal a todos os trabalhadores dos aeroportos” e foram convidadas a aderir 17 estruturas representativas dos trabalhadores do setor da aviação e aeroportos.

“A maioria” dos funcionários dos aeroportos trabalha por turnos e, durante a noite, não há transportes públicos e os parques de estacionamento “são caríssimos e estão vazios”, disse a mesma fonte, afirmando que a situação está a dificultar a contratação de pessoal.

GNR apreende mais de cinco toneladas de sardinha em Matosinhos

A GNR, através do Destacamento de Controlo Costeiro, apreendeu hoje 5.390 quilogramas de sardinha, num valor estimado de 32 mil euros, na Doca Pesca de Matosinhos, no distrito do Porto, anunciou aquela força policial.

No âmbito de uma ação de fiscalização dirigida ao recinto da Doca Pesca, os militares detetaram um veículo que transportava 385 caixas de sardinha e que o responsável não apresentou qualquer documento que comprovasse o local de comercialização e de captura, refere a GNR, em comunicado.

“A mercadoria apreendida seria presumivelmente proveniente de Espanha, sendo que neste país a captura de sardinha se encontra com limitações”, sublinhou.

A GNR identificou um homem de 49 anos e elaborou os respetivos autos de contraordenação, nomeadamente pela falta de rastreabilidade, sendo esta infração punida com uma coima até 250 mil euros.

O pescado apreendido foi sujeito a verificação higiossanitária e doado a instituições de solidariedade social da região Norte, concluiu.

Incêndios: A41 cortada no sentido Porto–Penafiel devido a fogo em Valongo

Segundo a página na Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, o incêndio, com duas frentes ativas, mobilizava, pelas 17:30, 178 operacionais, apoiados por 49 veículos e seis meios aéreos.

O incêndio em Alfena, no concelho de Valongo, está “descontrolado” devido às “fortes rajadas de vento”, disse hoje à Lusa o comandante operacional municipal.

Segundo Delfim Cruz, o fogo, que começou hoje às 12:27 em Alfena, “já passou para Valongo, no distrito do Porto, seguindo em direção à Quinta Rei, onde estão sediados meios da Afocelca”, empresa parceira do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais.

Apesar da progressão do fogo, o responsável referiu que não há habitações em risco.

O alerta especial vermelho de agravamento do risco de incêndio florestal que vigora em vários distritos vai terminar às 23:59 de hoje, passando todo o continente a estar em alerta laranja, devido à diminuição das temperaturas até quinta-feira.

O anúncio foi feito hoje pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, numa conferência de imprensa que decorreu nas instalações da proteção civil, em Carnaxide, distrito de Lisboa, ressalvando contudo que pode ser novamente decretado um novo alerta vermelho se as condições se agravarem a partir de quinta-feira.

Most Popular Topics

Editor Picks