Greve nacional da Função Pública a 31 de janeiro

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) anunciou esta terça-feira uma greve nacional para dia 31 contra a proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) que considera ser “ofensiva” e “inaceitável” por prever aumentos salariais de 0,3%.

O protesto foi anunciado pelo dirigente da Fesap, José Abraão, em conferência de imprensa, em Lisboa, e coincide com o dia da manifestação nacional marcada pela estrutura da CGTP, a Frente Comum, e com a greve de professores convocada pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof).

“A Fesap recusa a ideia de que a proposta de Orçamento do Estado para 2020 esteja fechada antes da votação final global que terá lugar a 06 de fevereiro e consubstanciará as reivindicações dos trabalhadores em ações de luta que incluem, entre outras, a greve do dia 31 de janeiro”, lê-se no comunicado distribuído aos jornalistas.

José Abraão, que já tinha admitido à Lusa avançar para a greve no dia 31, afirmou que “esta vai ser uma grande greve”, que abrange “todos os trabalhadores da administração pública”.

GNR e Bombeiros procuram homem desaparecido no Rio Ave

Estão a decorrer, desde a final da manhã desta terça-feira, buscas no Rio Ave por um homem que se encontra desaparecido desde a passada semana.

Segundo avança o o portal Guimarães Digital, as buscas estão concentradas na zona de Vila Nova de Sande, envolvendo meios cinotécnicos da GNR e a equipa de mergulhadores dos Bombeiros Voluntários de Caldas das Taipas.

Fonte / Imagem: Guimarães Digital

Câmara lança concurso para melhorar Praça D. Maria II

Câmara vai investir 7 milhões e seiscentos mil euros (concretamente 7.676.782 euros) na requalificação da zona central da cidade, mais concretamente nas ruas envolventes à Praça D. Maria II e ao novo mercado municipal, que também está a sofrer obras de requalificação.

Há dois objetivos subjacentes a estas obras: atratividade comercial desta zona central da cidade e fomento da mobilidade. «É a revitalização de uma área vital para Famalicão. Penso que apresentamos um projeto arrojado mas que vai ao encontro da vontade genuína dos famalicenses», afirmou o presidente da Câmara.

Paulo Cunha recordou que o projeto final inclui algumas das propostas que foram apresentadas pelos cidadãos aquando da sessão de discussão pública.

O concurso desta obra foi lançado. O prazo de execução é de um ano, segundo o caderno de encargos.

Alunos da CESPU vão ter hospital escola

O Trofa Saúde Hospital do Senhor do Bonfim, em Vila do Conde, vai permitir que centenas de alunos possam lidar com cenários reais; utilizar tecnologias de ponta; contactar com novos métodos e equipamento hospitalar, bem como interagir com os sistemas informáticos essenciais na prestação de cuidados de saúde.

O novo Hospital Escola, pretende implementar formação para diversas profissões da saúde, com destaque para o ensino da Medicina, entre outros, para que os estudantes e futuros profissionais tenham a possibilidade de experienciar todas as vivências de um grande hospital, interagindo adequadamente com profissionais já formados, utentes e também apoio às respetivas famílias.

O projeto educativo surge na sequência da criação da Associação Ensinar Saúde Norte, no âmbito de uma parceria entre a CESPU – Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário, e o Grupo Trofa Saúde (GTS).

O GTS vai disponibilizar as instalações do Senhor do Bonfim aos estudantes da CESPU para o ensino das profissões da saúde e, por outro lado, a instituição de ensino, que tem um polo em Vila Nova de Famalicão, disponibilizará também recursos humanos adequados ao ensino pré-graduado, integrando-os na dinâmica do hospital.

O anúncio oficial terá lugar na manhã de terça-feira, dia 14, em conferência de imprensa, no âmbito de uma sessão científica, denominada “Ensinar Saúde”, que contará com a presença, entre outros, do ex-ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, da Vice Reitora da Universidad Alfonso X – El Sabio de Madrid, Iris Núñez Trebol, e de vários professores da Faculdade de Medicina do Porto.

O Trofa Saúde Hospital do Senhor do Bonfim tem 570 camas, 7 dos mais modernos blocos cirúrgicos e uma moderna unidade de cuidados intensivos, entre outras valências.

Apagão deixa clientes “presos” no interior do Braga Parque

Vários clientes ficaram retidos, na tarde desta quinta-feira, em algumas lojas do centro comercial Braga Parque, na cidade de Braga.

De acordo com a Braga TV, devido à falha na rede eletrica, algumas pessoas ficaram presas no interior do hipermercado que funciona naquele espaço. Tal situação estará a ser gerada devido aos sistemas anti-roubo.

A EDP já se pronunciou sobre a falha, espera que tudo esteja solucionado cerca das 15h00.

Médicos de saúde pública ameaçam sair de juntas médicas

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) e o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) reuniram-se com os grupos parlamentares destes três partidos, aos quais “manifestaram preocupação com o estado atual do SNS e reafirmaram a necessidade de valorização da Carreira Médica para atrair e reter os médicos no SNS”.

Em comunicado conjunto divulgado após as reuniões, FNAM e SIM defenderam ainda que os sindicatos dos médicos “constituem parte da solução para o problema”, apresentando seis propostas.

Rever a carreira médica para contemplar nas grelhas salariais a possibilidade de dedicação exclusiva dos médicos, uma tabela de valorização do trabalho em urgência e uma redução dos horários dos turnos em serviço de urgência das 18 horas para as 12 horas, “permitindo mais tempo para a atividade assistencial e a diminuição das listas de espera” estão entre as propostas.

Propõem ainda rever o número de utentes por médico de família, um estatuto de “desgaste rápido, risco e penosidade acrescidos para a profissão médica” e “medidas de proteção e segurança dos médicos nos seus locais de trabalho”.

“Os recentes casos de violência contra médicos são reflexo da deterioração dos cuidados de saúde e à passividade governamental na sua resolução”, criticam os sindicatos.

A 15 de janeiro as duas estruturas sindicais vão reunir-se com os grupos parlamentares do PS, CDS-PP e PAN, aguardando ainda que seja agendada uma reunião com a comissão parlamentar de Saúde.

Most Popular Topics

Editor Picks