FC Famalicão: Pedro Gonçalves continua a jogar pela solidariedade

O médio do FC Famalicão continua a vestir a camisola da solidariedade. Pedro Gonçalves, que recentemente doou ao hospital de Chaves, de onde é natural, um ventilador, e 2.500 máscaras e 50 fatos de proteção individual, também ao hospital e aos BV de Vidago, acaba de prometer uma camisola a Bruno Coelho. Trata-se de um segurança de uma superfície comercial de Chaves.

Um gesto, mais um, do atleta que veste as cores do FC Famalicão e que visa homenagear todos aqueles que trabalham fora de casa neste momento de resguardo social a que todos estamos obrigados.

Nehuén Perez quer afirmar-se no Atlético de Madrid

O central Nehuén Perez esteve “em direto com” os adeptos e sócios do FC Famalicão, a quem respondeu às perguntas.

Nesta iniciativa do clube, o central argentino está muito «contente» por estar ao serviço do FC Famalicão e por jogar na 1.ª Liga, mas não esconde que quer «regressar e afirmar-se no Atlético de Madrid», clube a que pertence.

Cedido pelo emblema madrileno, o jovem Perez tem, ainda, o sonho de representar a equipa principal do seu país num campeonato do Mundo.

Liga de Clubes tem plano para fechar campeonato até julho

A Liga de Clubes apresentou, esta quinta-feira, o seu plano para finalizar os campeonatos até ao final de julho.

A previsão passa por retomar as provas no final de maio e terminar no último fim de semana de julho. Deste modo, a final da Taça de Portugal tem como datas possíveis 25 e 26 de julho.

Esta é, ainda, uma hipótese sempre dependente da evolução da pandemia do coronavírus.

Ainda segundo o cenário traçado pela Liga, as jornadas (faltam 10) teriam lugar todos os fins de semana até 18/19 de julho, estando previstas duas jornadas a meio da semana (10 de maio e 1 de julho).

Recorde-se que na 1.ª Liga estão disputadas 24 jornadas, sendo líder o FC Porto, com 60 pontos. Já o FC Famalicão, na sétima posição com 37 pontos, é um dos candidatos a um lugar na Liga Europa.

Equipas da 1.ª Liga podem regressar aos treinos ainda durante o estado de emergência

Pedro Proença, presidente da Liga de Clubes, pondera a possibilidade do regresso aos treinos das equipas da 1.ª Ligas ainda durante o estado de emergência – em vigor até 17 de abril. Uma possibilidade que carece, no entanto, de autorização do Governo, avança a imprensa desportiva.

A ideia passa por uma preparação mínima de 30 dias para que os jogos possam voltar a ser disputados, sendo que a previsão, nesta altura, para o regresso da 1.ª Liga é para o último fim de semana de maio.

Recorde-se que até 3 de agosto têm que ser enviados para a UEFA o nome dos clubes que vão disputar as competições europeias. O FC Famalicão, no sétimo lugar, é um dos clubes que pode integrar a lista de “nomeados”.

Primeira Liga tem que terminar até ao final de julho

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol e os presidentes da Liga e dos clubes das competições profissionais reuniram esta quarta-feira, após o encontro da UEFA com as suas filiadas devido à pandemia de COVID-19. Dessa reunião saíram decisões quanto ao futuro do futebol português, uma das quais determina que os campeonatos devem estar concluídos até ao final do mês de julho..

Fernando Gomes e os presidentes dos clubes decidiram que os campeonatos profissionais (I e II Liga) devem ser concluídos até essa data. E, se tal não for possível, podem os campeonatos serem ‘empurrados’ para o início de agosto.

Portugal deve apresentar a lista de participantes nas competições europeias do próximo ano até 3 de agosto, o que obriga a I Liga a estar terminada antes dessa data.

Os jogos da I Liga e II Liga de futebol estão suspensos, por tempo indeterminado, desde 12 de março.

Após 24 das 34 jornadas, o FC Porto lidera o principal escalão, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica. O FC Famalicão, com 37 pontos e na luta por um lugar na Liga Europa, é sétimo classificado.

FC Famalicão a duas vitórias de fazer história

João Pedro Sousa está a duas vitórias de fazer história no FC Famalicão. Somadas todas as competições, a equipa famalicense já disputou 31 partidas, somando 13 vitórias, 9 empates e outras tantas derrotas. Números reveladores da excelente época que os comandados de João Pedro Sousa estão a fazer e que podem fazer história, estando a duas vitórias do melhor registo de sempre do clube.

Na época 1990/91, o FC Famalicão somou 11 vitórias, outros tantos empates e perdeu 12 em 34 jornadas. Nessa época, o atual sétimo classificado da 1.ª Liga, terminou o campeonato com 33 pontos num prova em que as vitórias apenas valiam dois pontos.

Most Popular Topics

Editor Picks