Pedro Almeida aposta em novo navegador e no calendário internacional

O piloto famalicense já definiu o projeto desportivo para o corrente ano e há novidades. Hugo Magalhães é o navegador; o carro passa a ser o Peugeot 208R2; e o calendário competitivo vai além fronteiras. «É uma mudança radical», avisa Pedro Almeida que trocou de carro «após decisão muito ponderada», mas que acredita ser um passo em frente «e firme na consolidação de aprendizagem que queremos construir».

A escolha de Hugo Magalhães «tem muito a ver com o que queremos fazer, não só neste ano mas no que projetamos para o futuro. Esta época vamos apostar num conjunto de ralis fora de Portugal, quer na Copa Ibérica Peugeot 208 mas também no ERC, e o Hugo, pela experiência e por tudo o que nos pode trazer, acabou por ser a escolha natural para as nossas ambições».

Pedro Almeida e Hugo Magalhães vão estar em Fafe, no final de fevereiro, na primeira prova do calendário nacional com o novo carro. As provas em Portugal – CPR 2 e CPR Júnior – são parte integrante do calendário de 16 corridas que o piloto tem programadas, porque quer somar quilómetros, «testar limites e novas experiências que no futuro nos vão dar consistência, por isso esta nossa aposta num calendário alargado e internacional», esclarece o piloto famalicense.

Hugo Magalhães vê neste projeto um desafio muito interessante.. «Há um longo caminho pela frente, mas a forma estruturada como o Pedro me apresentou o projeto, a ambição que demonstrou, e o facto de poder fazer um conjunto de provas internacionais, levou a uma rápida identificação com o convite. O Pedro precisa de ter estas experiências sob pena de aqui em Portugal estagnar. Vamos estar junto de outros pilotos, de diferentes graus de competitividade, em novas corridas e em novos traçados, e todas estas coisas novas vão ser experiências positivas e vão contribuir para o crescimento do Pedro como piloto».

Jogos da Taça obrigam treinador do Famalicão a alterar o onze

Esta quinta-feira, em a antevisão ao jogo de sábado, ás 15h30, frente ao Vitória de Guimarães, a contar para a jornada 20 da Liga Nos, no estádio Municipal, João Pedro Sousa assumiu que vai proceder a alterações na equipa.

O técnico famalicense explica que três jogos num tão curto espaço de tempo assim o exige e porque tem total confiança em todos os jogadores do plantel. Apesar das alterações, a estratégia de jogo vai manter-se e o objetivo é vencer o encontro.

João Pedro Sousa indica que vai defrontar uma das equipas mais fortes do campeonato, com bons jogadores, um bom treinador e, por isso, espera um jogo com muitas dificuldades. No entanto quer regressar ás vitórias depois do empate alcançado em Vila do Conde na jornada anterior.

 

Tiago Reis pronto para defender título nacional de todo-o-terreno

Tiago Reis e Valter Cardoso, detentores do título absoluto do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, iniciam este fim de semana a defesa do título, na Baja TT Vindimas do Alentejo. O Mitsubishi Racing Lancer mantém-se como aposta para uma temporada que se espera bastante competitiva. «Iniciar uma nova temporada ostentando o título absoluto é, sem dúvida, um grande motivo de orgulho e responsabilidade. Vamos encarar todas as provas com a mesma ambição do ano passado e tentar lutar pelas vitórias sabendo, contudo, que a concorrência será ainda maior», reconhece o piloto famalicense do Team Transfradelos.

Tiago Reis não sente «pressão acrescida» e vai avisando a concorrência que quer voltar a conquistar o campeonato. «Vamos, em todas as provas, tentar conquistar o maior número de pontos possíveis e, ao longo da época, veremos como estaremos nessa luta».

Também de regresso ao ativo na prova de abertura do calendário 2020 estará Edgar Reis e o seu Mitsubishi Pajero. Filipe Martins será o navegador nesta temporada que o piloto famalicense espera consolidar o ritmo que adquiriu em 2019.

A Baja TT Vindimas do Alentejo, disputa-se entre sábado e domingo, num total de 309,52 quilómetros cronometrados, divididos em duas etapas, dois setores seletivos e um prólogo que abre as hostilidades na manhã de sábado.

Ex-treinador do Delães nega acusações do plantel

Mário João Fernandes, ex-treinador do Delães, refuta as acusações dos jogadores do plantel de os maltratar. O técnico diz que o que está em causa são as opções técnicas mas que, perante a posição do plantel, de se recusar a treinar, reuniu com a direção. Durante o encontro, assume Mário João Fernandes, «a equipa técnica decidiu demitir-se, a bem do clube», deixando a direção livre de tomar as decisões que entender.

Sócios acreditam na reviravolta frente ao Benfica e fazem fila para adquirir bilhete

A derrota do Famalicão, por 3-2, na noite desta terça-feira, no Estádio da Luz, com o Benfica, não esmoreceu o ânimo dos adeptos famalicenses. Às primeiras horas desta manhã, muitos já faziam fila na loja do clube para adquirirem o seu bilhete para o jogo de terça-feira, dia 11 de fevereiro.

O resultado tangencial e a boa exibição dão confiança aos sócios, que acreditam no valor da equipa para vencer a eliminatória da Taça de Portugal e, pela primeira vez na história, chegar ao Jamor.

Antes deste jogo decisivo, o FC Famalicão recebe na tarde de sábado, o Guimarães, a contar para mais uma jornada da Liga Nos. Os sócios e adeptos interessados neste jogo também já podem comprar o seu bilhete.

Tribunal decreta encerramento da SAD da Oliveirense

O Juízo de Comércio de Vila Nova de Famalicão decretou, segundo despacho de quinta-feira passada, 30 de janeiro, o encerramento da Associação Desportiva Oliveirense, Futebol, SAD que, assim, está impossibilitada de praticar qualquer ato de gestão. Pode, no entanto, a SAD ou qualquer outro credor, recorrer do despacho, e tem 15 dias para o fazer, mas o recurso não tem efeitos suspensivos. Com a decisão judicial, cessam, também, todos os contratos de trabalho.

Não é normal que uma decisão como esta aconteça antes da assembleia de credores, marcada para 27 de fevereiro, mas as informações recolhidas pelo administrador da insolvência levou-o a pedir o encerramento antecipado da SAD e o tribunal aceitou o pedido.

A SAD da AD Oliveirense funciona de forma caótica, onde «quem pode mandar, não quer, e quem quer mandar, não pode», assim escreve o administrador de insolvência no pedido feito ao tribunal.

No documento a que CIDADE HOJE teve acesso, com data de 27 de janeiro passado, o administrador da insolvência, ao longo de 13 páginas, expõe a situação da Associação Desportiva Oliveirense, Futebol SAD que foi declarada insolvente a 17 de dezembro de 2019.

Ao longo do documento, é manifesta a dificuldade em se perceber quem manda e quem faz o quê na SAD, há reservas quanto ao quadro de pessoal, bem como ao montante das dívidas. O não cumprimento das obrigações fiscais, pelo menos desde o início da presente época e documentos sem assinaturas originais (cópias de outros documentos) são, entre outras, situações graves descritas no relatório.

No pedido feito ao tribunal, o administrador descreve, por exemplo, que a presente época carece de qualquer planeamento financeiro, dada a insuficiência de receitas próprias; que desde julho de 2019 não há contabilidade organizada; bem como assinala que a insuficiência de capitais próprios e/ou receitas não garantem o cumprimento das obrigações – salários e outros encargos.

Perante este cenário, o administrador da insolvência requereu, a 27 de janeiro, ao Juiz do Tribunal da Comarca de Braga – Juízo do Comércio de Vila Nova de Famalicão, autorização para promover o encerramento antecipado da insolvente, antes da assembleia de 27 de fevereiro, pedido que foi aceite, conforme despacho de 30 de janeiro, a que CH teve acesso.

Ao longo das últimas horas, CH teve contactos com elementos próximos da SAD que dizem desconhecer a decisão judicial, assumindo que tudo corre normalmente e que até foram inscritos novos jogadores nos últimos dias.

Recorde-se que o pedido de insolvência da SAD da Oliveirense foi feito pelo ex-treinador Manuel Jesus Crespo Garcia, por falta de pagamento de salários que lhe eram devidos quando serviu o clube no início da presente época desportiva.

A AD Oliveirense, que compete no Campeonato de Portugal, tem jogo marcado para este domingo, no Campo de Ribes, com o Mirandela.

Most Popular Topics

Editor Picks