Amigos do Pedal e Federação criam um novo triatlo

A prova de destaque da Associação Amigos do Pedal, para 2020, é a realização da última prova do Open de Triatlo, a 20 de setembro. Outra novidade é que será um triatlo invertido, ou seja, começa com a prova de atletismo, segue-se o ciclismo e termina com a natação, que decorrerá nas piscinas municipais.

«Vamos virar o triatlo ao contrário», afirmou, esta segunda-feira, o responsável da Federação de Triatlo de Portugal, Vasco Rodrigues, que se mostra satisfeito e expectante com a novidade apresentada.

O presidente da Associação Amigos do Pedal, Paulo Machado Ruivo, garante também, em 2020, a continuidade do duatlo, que apura o campeão nacional da modalidade, a 29 de março, e também a realização das 24 Horas BTT, nos dias 27 e 28 de junho. «Vamos ter um ano em cheio», antecipa Paulo Ruivo.

O calendário de provas dos Amigos do Pedal foi apresentado na segunda-feira, com a presença do vereador do Desporto da autarquia famalicense. Mário Passos felicitou a Associação Amigos do Pedal pelo arrojo demonstrado e por colocar, mais uma vez, Famalicão no mapa das grandes organizações desportivas nacionais.

F.C. Famalicão x Académica: Até quarta bilhetes à venda só para sócios

Já estão disponíveis os bilhetes do F.C.Famalicão relativos ao jogo frente à Académica de Coimbra, referente à 4.ª eliminatória da Taça de Portugal e agendado para as 16h45 do próximo sábado.

Os ingressos para sócios têm um custo de cinco euros, com os detentores de lugar anual a terem igualmente de adquirir bilhete. No entanto, poderão garantir o lugar habitual mediante a compra do ingresso na loja do clube até sexta-feira.

Já os bilhetes de público, disponíveis a partir de quinta-feira, custam 10 euros.

Liga e governo vão discutir possível redução do IVA para jogos de futebol

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto disse esta segunda-feira que vai reunir na terça-feira com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) para discutir uma possível redução do IVA para espetáculos desportivos.

“Amanhã [terça-feira] tenho uma reunião marcada com a Liga, sei que uma das reivindicações da agenda é justamente falarmos sobre o IVA. Quero ouvir a Liga e os seus argumentos e depois perceber, nunca escondi que do ponto de vista fiscal as coisas têm de ser discutidas com o Ministério das Finanças”, explicou João Paulo Rebelo.

O governante falava à margem da apresentação do livro ‘O Devir da Lusofonia’, de Isabelle de Oliveira, na Associação de Futebol do Porto, lembrando que é preciso “criar equilíbrios que façam sentido a todos”, numa matéria “que vai ser vista seguramente nos próximos dias”.

“Não me compremetendo nem para um lado nem para o outro, como se costuma dizer, é preciso perceber o que está em causa e que impacto financeiro essa redução [do IVA] implica”, acrescentou.

João Paulo Rebelo recusou ainda comentar o arranque do processo judicial em torno das agressões a jogadores do Sporting na Academia de Alcochete, no ano passado, mas deixou o repto para que se procure “aproveitar para tirar alguma lição”.

“Penso que o país todo, de forma geral e independentemente das simpatias clubísticas, percebeu que temos de lutar contra um fenómeno que não pode estar no desporto, que é a violência”, atirou.

A redução no IVA dos bilhetes para assistir a jogos de futebol é uma pretensão da LPFP, que considera que ingressos para espetáculos desportivos devem estar englobados na redução a que foram sujeitos os espetáculos de índole cultural.

Em Lousado pode correr ou caminhar por uma boa causa

A segunda prova de atletismo Troféu João Carvalho, que decorre em Lousado, está marcada para a tarde do dia 14 de dezembro, a partir das 16 horas. Organizada pela Junta de Freguesia e pelo Sindeq (Sindicato das Indústria e Afins), esta jornada de atletismo contempla uma caminhada solidária, cujo valor da inscrição reverte a favor da construção da Clínica da Mulher e da Criança do Hospital de Famalicão.

As inscrições decorrem no site da Prozis, na Junta de Freguesia de Lousado e no Museu Feroviário, também em Lousado.

Após o sucesso da edição inaugural, com mais de 250 participantes, este ano, a prova regressa ao bonito cenário do Museu Ferroviário mais completo e rico do país, passando pelas margens do rio Ave com uma maré de atletas e de trilhos pedestres.

Sexta edição da Meia Maratona de Famalicão é a mais internacional de sempre

O número de atletas estrangeiros inscritos na Meia Maratona de Famalicão, que vai para a estrada na manhã do próximo domingo, tem vindo a aumentar e, para a edição deste ano, a prova já regista participantes de 16 países, entre eles Espanha, França, Alemanha, Reino Unido, Holanda, Turquia, Brasil, Canadá, Venezuela, Estados Unidos da América, Argélia, China, Israel e Austrália. Esta será, assim, a mais internacional das cinco edições já realizadas.

A prova, que inclui uma Mini Maratona, foi apresentada na tarde desta quarta-feira, na Casa do Território, no Parque da Devesa, com a presença de Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal, e Jorge Teixeira, diretor-geral da Runporto, empresa responsável pela organização.

Dos mais de 2500 atletas esperados, na linha da frente e a lutar pelos melhores lugares estão confirmados José Moreira (Sporting CP), segundo classificado em 2015, Mihail Lalev (SC Braga), Hélder Lopes, Jéssica Pontes (SC Braga), terceira classificada em 2018, Marisa Barros (SC Salgueiros), Diana Almeida (SC Braga) e Carla Machado (UD Várzea).

Jorge Teixeira agradeceu o apoio da Câmara Municipal como «um sinal de confiança», porque, anotou, «somos uma equipa em prol de Vila Nova de Famalicão». O dirigente confia que esta edição será, novamente, um sucesso, perspetivando ver as ruas de Famalicão cheias de atletas e de muitos populares a assistirem à corrida de 21 km e aos 6km da mini maratona, aberta a toda a família.

Para Paulo Cunha, que tem feito os 21km desde a primeira edição, este é um evento para toda a comunidade porque passa pelo centro da cidade, mas também segue pela periferia, numa mistura de ambiente urbano e rural que levará os atletas até Telhado, onde acontece o retorno de volta ao Parque da Devesa, onde termina a prova principal. «Como sempre espero muito apoio e incentivo nas ruas para os atletas», pediu o autarca que, mais uma vez, falou da promoção da qualidade de vida da comunidade «pela prática desportiva que é, cada vez mais, intensa e visível entre os famalicenses».

A Meia Maratona de Famalicão é já uma referência na região norte do país. A edição deste ano vai para a estrada no próximo domingo e tem partida marcada para as 10 horas, na Avenida do Brasil e chegada no parque de estacionamento junto ao Citeve. É uma prova composta por duas distâncias, a Meia Maratona com 21 km e a Mini Maratona com 6 km.

Porto x Famalicão: FCP multado por comportamento incorreto dos adeptos

O Futebol Clube do Porto foi multado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, a propósito do comportamento incorreto dos adeptos na partida com o F.C.Famalicão, da 8ª jornada da Liga NOS.

3700 euros é o valor que os Dragões terão que pagar por uma invasão de campo protagonizada pelos adeptos da casa, como também devido ao uso de flashlights e potes de fumo.

Most Popular Topics

Editor Picks