Gindança organiza três provas no Famalicão Dança 2019 AMCO

Pela primeira vez, Famalicão vai receber o Campeonato Nacional de sub-21 Latinas. Esta é a novidade do Famalicão Dança 2019 AMCO que está marcado para os dias 9 e 10 de novembro, no Pavilhão Municipal.

Esta é uma organização da Gindança, que tem ainda programados para estes dois dias a 7.ª prova do Circuito Nacional de Dança Desportiva e o Campeonato do Mundo de Profissionais 10 Danças.

A apresentação das provas aconteceu esta quarta-feira, na sede da Gindança, em Antas. Anabela Gomes, presidente da Associação Gindança, disse que esta é a oportunidade para ver os melhores dançarinos nacionais e alguns internacionais em atuação.

As inscrições ainda decorrem, mas a expectativa é que as provas juntem em Famalicão cerca de 400 bailarinos nacionais e 50 internacionais.

O vereador do Desporto na Câmara Municipal frisou que a Gindança é uma referência no mundo associativo, pela sua dinâmica e «tenacidade». Mário Passos destacou, ainda, que as provas organizadas pela Gindança levam o nome de Famalicão a vários cantos do mundo.

Famalicão-Dança 2019 AMCO conta com o apoio da Câmara Municipal de Famalicão, do IPDJ e da Federação Nacional de Dança Desportiva. Além dos patrocinadores.

“Desenha a tua Vida” com a ajuda de Ricardo Mendoza

O Centro de Estudos Camilianos, em Seide de São Miguel, recebe na tarde deste domingo, um evento denominado “Desenha a tua Vida”, com a presença do orador Ricardo Mendoza, especialista em intervenção estratégica, programação neurolinguística (PNL) e inteligência positiva.

O melhoramento da vida profissional, a motivação e o relacionamento com os colegas, amigos e família serão alguns dos temas abordados na palestra. O evento, com organização da Faz Acontecer, é aberto ao público e tem entrada gratuita. Todas as contribuições angariadas revertem a favor dos Bombeiros Voluntários de Famalicão.

Tiago Reis quer somar pontos para continuar na luta pelo título

O Team Transfradelos está de regresso ao Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, com as duplas Tiago Reis/Valter Cardoso e Edgar Reis/Paulo Marques a alinharem na Baja TT Idanha-a-Nova, a quarta prova da temporada.

Na terceira posição do campeonato, Tiago Reis parte com o objetivo de somar o maior número de pontos possíveis e, assim, manter-se na luta pela discussão do título. «A anulação da Baja TT do Douro fez com que tivéssemos quase quatro meses sem competir no campeonato. Vamos entrar na sua fase decisiva e continuar a lutar para que possamos discutir o título na derradeira prova», começa por dizer o piloto famalicense, que se apresenta debilitado, em virtude de uma lesão no pé. Ainda assim, promete, «tudo farei para que esse problema físico não me impeça de estar ao melhor nível. Sei que será uma prova que exigirá mais de mim, mas a motivação superará todas as dificuldades».

Edgar Reis, acompanhado por Paulo Marques, cumpre a sua época de estreia no todo-o-terreno e quer fazer o maior número de quilómetros possíveis.

A Baja TT Idanha-a-Nova tem início marcado para o próximo sábado, dia 21 de setembro, com o prólogo e primeiro Setor Seletivo (SS). No dia seguinte, domingo, disputa-se a segunda etapa, com dois setores que completam os quase 330 quilómetros cronometrados da prova.

Famalicão: Câmara esclarece notícias sobre investigação do Ministério Público

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, nega que tenha participado, em representação do município, na viagem a Istambul que está a ser alvo de investigação por parte do Ministério Público.
Em causa estará o convite da empresa de informática ANO a 15 municípios para uma viagem a Istambul com todas as despesas pagas.

O ministério público ordenou a investigação a estes municípios para verificar se existiu favorecimento em negócio entre a empresa de informática e as autarquias convidadas.

A Câmara de Famalicão surge no mapa desta investigação pelos contratos que tem com esta empresa, cujo sócio gerente reside em Vila Nova de Famalicão.

A autarquia vem agora esclarecer as últimas notícias. Em comunicado, assume que nem o presidente da câmara nem qualquer elemento do executivo participaram na referida viagem, em representação do município.
Contudo, o município está disponível para colaborar na investigação e no apuramento da verdade.

Famalicenses convidados a sentirem problemas de quem tem mobilidade reduzida

Já começou a Semana Europeia da Mobilidade em Vila Nova de Famalicão. Até ao final da semana realizam-se uma série de iniciativas dedicada a esta efeméride.

Nesta quarta-feira várias pessoas foram desafiadas a circularem em cadeiras de rodas, com carrinhos de bebés ou com andarilhos de forma a verificarem as dificuldades encontradas pelas pessoas com mobilidade reduzida, seja no interior das lojas, seja na própria cidade.

Imagens: CMFamalicão

 

Mão Morta dá som a filme mudo

A banda de Adolfo Luxúria Canibal vai estrear-se no palco da Casa das Artes, no dia 19 de outubro, para tocar ao vivo a banda sonora que criou para o filme “A Casa na Praça Trubnaia”, obra do cineasta Boris Barnet.

O filme-concerto da banda rock portuguesa vai contar com mais de 80 minutos de música composta exclusivamente para esta apresentação e é o grande destaque da quarta edição do Close-Up, Observatório de Cinema de Vila Nova de Famalicão, que decorre entre 12 e 19 de outubro.

A abertura do evento, no dia 12 de outubro, está a cargo da Orquestra de Jazz de Matosinhos, dirigida por Pedro Guedes, que aceitou o desafio do Close-Up para, também, acrescentar som ao filme mudo soviético “O Couraçado Potemkine”, realizado por Sergei Eisenstein.

Ao longo dos oito dias do Observatório serão apresentadas cerca de 40 sessões de cinema contemporâneo cruzadas com a história do cinema.

Destaque para duas sessões especiais, com a exibição do mais recente filme de Quentin Tarantino, “Era uma vez em…Hollywood”, e a antestreia nacional de “Alpha: Nos Bastidores da Corrupção”, de filipino Brillante Mendoza.

Haverá ainda tempo para um passeio pelo cinema francês com dois protagonistas – Agnès Varda e Jean-Luc Godard – mas que inclui outros nomes, como Jean-Pierre Melville, Sacha Guitry, Max Ophüls, Georges Franju ou Louis Malle.

O cinema português vai também estar em destaque com um programa dedicado aos filmes escritos e realizados pelo cineasta-fotógrafo Eduardo Brito, onde se incluem as curtas metragens em antestreia – “Úrsula”, uma encomenda do Observatório, e “La Ermita”.

Há, ainda, um programa para as escolas com uma dezena de sessões de cinema, oficinas e uma masterclasse de Pedro Serrazina. “Toy Story 4” e a versão live action do filme “O Rei Leão” são as duas propostas para as famílias.

Dos realizadores, jornalistas e académicos convidados para as sessões comentadas, destaque para o realizador João Canijo e de Vasco Câmara, editor do suplemento cultural Ípsilon do jornal Público.

Mais informações em www.closeup.pt ou www.casadasartes.org.

Most Popular Topics

Editor Picks