Famalicão: Salão paroquial de Joane transformado em espaço multiusos

A revitalização do salão paroquial de Joane é uma ambição da vila, colocando o espaço ao serviço da comunidade. Este propósito é partilhado por todos os responsáveis, conforme ficou latente após a visita do presidente da Câmara Municipal, esta segunda-feira. O desenvolvimento do projeto deverá arrancar em breve.

Nesta visita à vila joanense, Paulo Cunha, que esteve acompanhado pelo autarca local, António Oliveira, e pelo vereador das freguesias, Mário Passos, inteirou-se do últimos investimentos nas acessibilidades, com destaque para a pavimentação da Rua do Romão, que contou com um apoio municipal de 45 mil euros, para a requalificação da rotunda de acesso à VIM, que contou com um apoio de 6 mil euros e para a requalificação da Avenida Padre Silva Rego, cuja obra deverá arrancar em breve.

O complexo habitacional Habitorre e o recinto do Grupo Desportivo de Joane que, recentemente, contou com um apoio da autarquia para a substituição do sistema de iluminação, tendo recebido ainda um apoio municipal de 11 mil euros para a construção de um gabinete de apoio médico, entre outros trabalhos, foram outros espaços visitados pela comitiva que voltou a abordar a revitalização dos terrenos da antiga estamparia Rafael.

Recorde-se, que na última visita a Joane, em junho do ano passado, Paulo Cunha tinha já anunciado a revitalização deste espaço que, futuramente, vai dar lugar a uma nova área central na vila destinada à habitação, comércio e serviços, com um novo espaço verde para utilização recreativa, desportiva e de lazer com ligação ao Parque da Ribeira. O edil avançou, na ocasião, com a possibilidade de o espaço vir a receber também um equipamento de saúde pública.

Fraude em stands: Polícia Judiciária passou por Famalicão

Uma mega operação da Polícia Judiciária, que investiga um esquema de fraude fiscal praticado por stands no Norte do país passou por vários concelhos, incluindo Vila Nova de Famalicão. Para já, são sete os detidos, entre os quais estão empresários do ramo automóvel. Braga, Barcelos, Ponte de Lima, Vila Nova de Gaia, Gondomar, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, são outros dos concelhos visitados pela PJ.

Em comunicado, a Polícia Judiciária dá conta que, através da Diretoria do Norte e no âmbito de um inquérito titulado pelo Ministério Público – DIAP Porto, em articulação com a Direção de Finanças do Porto, realizou uma operação para cumprimento de mandados de detenção e de buscas domiciliárias e não domiciliárias. Em causa está a presumível prática dos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento, falsificação de documentos, falsidade informática, lenocínio e associação criminosa.

Foram realizadas setenta buscas domiciliárias e não domiciliárias, nos concelhos já citados, foram detidos sete indivíduos, entre os quais três empresários do ramo automóvel e dois contabilistas certificados, com idades compreendidas entre os 35 e os 50 anos.

Famalicão: Clínica vai transportar idosos às mesas de voto

A Clínica Médica Oldcare, de Vila Nova de Famalicão, vai transportar e acompanhar pessoas idosas aos respetivos locais de votação no dia das eleições presidenciais, marcadas para 24 de janeiro.

Susana Dias, diretora da clínica que atua na área de apoio domiciliário, explica que «as pessoas idosas que vivem sozinhos e precisem de auxílio no dia das eleições devem entrar em contacto com a clínica para agendar a deslocação». As marcações devem ser feitas através do telefone 919394371.

Recorde-se que o Ministério da Administração Interna informou que as pessoas que vivem em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) poderão fazer a inscrição para o voto antecipado, entre os dias 14 e 17 de janeiro – à semelhança dos cidadãos que estão em isolamento profilático obrigatório decretado pelas autoridades sanitárias –, podendo exercer este direito entre os dias 19 e 20, sendo os votos recolhidos por equipas organizadas pelas autarquias.

Assim, a iniciativa da Oldcare visa «colmatar as necessidades dos idosos que vivem sozinhos e precisam de apoio para ir votar no dia 24. Não podemos deixar que, face a toda esta situação, direitos fundamentais elegíveis na Constituição Portuguesa sejam colocados em segundo plano», conclui Susana Dias.

Famalicão: Rotunda 1.º de Maio interdita ao trânsito a partir desta sexta-feira

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão informa que uma intervenção urgente na rede pública de abastecimento de água no Parque 1.º de Maio, vai obrigar ao corte de trânsito na Rotunda do Parque 1.º de Maio, no sentido Rotunda Bernardino Machado – Estação da CP, já a partir das 9h00 desta sexta-feira, dia 15 de janeiro, sendo prevista a sua conclusão até 31 de janeiro.

Percebendo os transtornos que esta situação vai causar à circulação automóvel, tratando-se de uma zona de muito tráfego, pela proximidade com as escolas, centro de saúde e caminhos de ferro, a autarquia pede a compreensão de todos e aconselha a que todos tenham em atenção a sinalética colocada no local, com as indicações de alternativas e desvios.

A Polícia Municipal fará o acompanhamento da obra apoiando sempre que necessário os condutores.

Esta intervenção implica, também, alterações nas paragens de autocarro. Assim, todos os autocarros que circulam na Rua Artur Cupertino Miranda (Hospital) serão desviados pela Rua Manuel Pinto de Sousa, Rua Adriano Pinto Basto, Avenida 25 de Abril, Praça 9 de Abril e Rua Barão de Trovisqueira retomando o seu percurso normal na Rua Adolfo Casais Monteiro. Os autocarros que seguem da Avenida Narciso Ferreira serão desviados junto à Casa da Música para a Praça 9 de Abril, Rua Barão de Trovisqueira, retomando o seu percurso habitual na Rua Adolfo Casais Monteiro.

Será, ainda, criada uma paragem provisória na Rua Barão de Trovisqueira, junto à Santa Casa da Misericórdia e serão suprimidas as seguintes paragens: Universidade Lusíada (alternativa Hospital), Parque 1º de Maio (alternativa Rua Barão da Trovisqueira junto à Santa Casa da Misericórdia) e Centro de Saúde (alternativa Rua Barão da Trovisqueira junto à Santa Casa da Misericórdia ou Escola Júlio Brandão na Avenida de França (Rotunda dos Pinheirinhos). Os pesados deverão efetuar o mesmo trajeto dos autocarros.

A autarquia informa ainda que a obra será executada no mais curto espaço de tempo possível, sendo que os serviços vão trabalhar de segunda a sábado, até às 20h00.

Aproveitando o período de confinamento provocado pela pandemia e a circulação de menos pessoas na rua, os serviços municipais irão valer-se da intervenção para dar seguimento às obras que decorrem na Avenida 25 de Abril e Parque 1.º de Maio.

Famalicão: Ministério Público abre processo contra pais que impedem filhos de frequentar disciplina de Cidadania e Desenvolvimento

Devido a uma ação instaurada pela CPCJ – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, o Ministério Público abriu um processo contra os pais dos dois alunos que não frequentam as aulas de Cidadania e Desenvolvimento.

É o próprio pai, Artur Mesquita Guimarães, que dá conta desse facto, referindo que é «o preço a pagar pela defesa dos nossos direitos, liberdades e garantias». Os pais já foram ouvidos pelo Ministério Público e pela Segurança Social. Esta é mais uma fase num processo jurídico que já se arrasta há dois anos.

Recorde-se que, por decisão dos pais, dois jovens, de 13 e 15 anos, há dois anos que não frequentam a disciplina obrigatória de Cidadania e Desenvolvimento. Os pais alegam que a matéria (sexualidade, saúde, ambiente, etc) desta disciplina diz respeito a princípios de educação que devem ser dados em contexto de família e não na escola.

A decisão da CPCJ de enviar o caso para o Ministério Público surge depois do Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco ter pedido a sua intervenção, uma vez que as alternativas à não frequência da disciplina não foram aceites pelos pais.

«Lamentavelmente, por nos nortearmos pelos princípios da vida civilizada, vemo-nos a braços com ações de perseguição e de caráter intimidatório, perpetradas por organismos do Estado. No caso, na primeira linha esteve o Agrupamento de Escolas Camilo Castelo Branco, de Vila Nova de Famalicão que, ao contrário de se colocar ao serviço dos país e das famílias, os tratam como inimigos».

Covid-19: Continuam a baixar os internamentos no hospital de Famalicão

Apesar do aumento de números de casos de covid-19 no concelho, o Centro Hospitalar do Médio Ave – hospital de Famalicão – tem registado um decréscimo do número de internados, atualmente são 68.

A afluência às urgências tem sido intensa, mas têm sido dadas bastantes altas hospitalares.

Recorde-se que, segundo o mais recente relatório da Direção Geral da Saúde, divulgado esta segunda-feira, Famalicão registou 809 casos por 100 mil habitantes.

O concelho, depois de uma série de semanas com uma tendência de descida no número de novos infetados, volta a registar uma subida.

Nas semanas de 14 a 27 de dezembro, o concelho famalicense contabilizou 649 casos. Nesta última análise, que se reporta de 23/12/2020 a 05/01/2021, Vila Nova de Famalicão ultrapassou a barreira das 8 centenas de casos por cada 100 mil habitantes.

Most Popular Topics

Editor Picks