Famalicão: Reveladas imagens de assalto à loja Poupeuro

A Cidade Hoje teve acesso às imagens das câmaras de vigilância da loja Poupeuro alvo de um assalto, na madrugada desta terça-feira.

O grupo de quatro homens conseguiu aceder ao interior do estabelecimento, localizado na Avenida D. Afonso Henriques, depois de partir o vidro de uma das portas.

Levaram muito pouca mercadoria e arrombaram a gaveta da caixa registadora onde não havia dinheiro.

Colocaram-se em fuga e encontram-se ainda por localizar.

 

 

Famalicão: Há 138 pedidos de voto antecipado provenientes dos lares e do confinamento

Em Famalicão, há 138 eleitores inscritos para votar, provenientes dos lares e do confinamento. O município está a fazer a recolha dos respetivos votos entre esta terça e quarta-feira.

Para este trabalho, há dez equipas de duas pessoas: um colaborador municipal afetos aos serviços administrativos ou jurídicos e uma testemunha.

Por razões de saúde, as equipas vão devidamente protegidas, inclusivamente com luvas para manusear os boletins de voto. Isto significa que a cada voto há necessidade de mudar de equipamento. Os eleitores em confinamento votam à porta de casa, com máscara e caneta própria. Nos lares, há um local específico para votar.

No passado domingo, dia 17 de janeiro, votaram antecipadamente em Famalicão 1379 eleitores, dos 1578 que se tinham inscrito para o efeito. Um voto que, por razões de trabalho ou deslocação, obrigava a uma inscrição prévia.

A operacionalização também esteve a cargo da Câmara Municipal de Famalicão, que disponibilizou mais de meia centena de pessoas para o efeito. Votaram na Escola Primária Conde São Cosme e na antiga cantina.

No próximo domingo, dia 24, haverá mais mesas de voto por cada secção, com o objetivo de evitar concentrações. Não esqueça que é obrigatório levar caneta própria.

 

Famalicão: Início das obras na Quinta e Casa dos Caseiros de Camilo Castelo Branco

A Câmara Municipal de Famalicão deu início, na passada segunda-feira, às obras de renovação e restauro da Quinta e da Casa dos Caseiros da Casa de Camilo Castelo Branco.

Com um investimento de cerca de 320 mil euros e o prazo de execução de um ano, a empreitada insere-se na candidatura «Rota Camilo: Valorização da Casa-Museu e Cemitério da Lapa», recentemente aprovada no âmbito do programa operacional Norte 2020, sendo cofinanciada através Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

«Trata-se de uma obra de enorme relevância e que espelha bem a aposta cultural do município na preservação e valorização do património camiliano. Um trabalho incessante e apaixonante que tem atravessado gerações, motivado pelo valor da obra de Camilo Castelo Branco e pelo interesse que sempre suscitou a sua atribulada existência», afirma o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha.

A obra diz respeito à remodelação, ampliação e arranjos exteriores da Casa de Camilo. «É uma obra de arquitetura que vai valorizar ainda mais este lugar da vida e da ficção camilianas. O restauro da casa dos caseiros e a renovação da quinta permitirá, não só oferecer aos visitantes um cenário tão semelhante quanto o que Camilo experienciou, mas permitir que com essas novas infraestruturas possamos diversificar ainda mais a oferta pedagógica, cultural e científica da instituição para o melhor conhecimento da vida e da produção literária do escritor, além do período histórico em que viveu», sublinha Paulo Cunha.

Recorde-se que Camilo Castelo Branco residiu na casa de Seide cerca de 26 anos, entre o inverno de 1863 e a data da sua morte, a 1 de junho de 1890, e aqui grande parte da sua obra literária.

Para além deste projeto agora em curso, a candidatura apresentada em conjunto com a Venerável Irmandade da Lapa, no Porto, prevê ainda a qualificação do Cemitério da Lapa, um monumento de interesse público, onde se encontra o jazigo que guarda os restos mortais de Camilo Castelo Branco. A Câmara Municipal viu ainda aprovada ao Norte 2020 a candidatura «Rota Camilo: Qualificação e Divulgação Territorial». No conjunto, a autarquia famalicense irá beneficiar de um investimento de mais de 700 mil euros, contando com uma comparticipação FEDER de cerca de 500 mil euros. Os projetos envolvem, para além do município, um conjunto de instituições parceiras, com ligações importantes à memória camiliana.

 

FC Famalicão: Competência nos livres diretos

O momento de inspiração do sérvio Andrija Lukovic, na marcação de um livre direto, que valeu a vitória nos Açores, ante o Santa Clara, coloca o FC Famalicão no topo de um ranking que engloba as Ligas do Top 6 na Europa.

A equipa treinada por João Pedro Sousa é a que mais vezes (4) obteve golo na transformação de livres diretos. Ao golo de Lukovic somam-se o tento de Fernando Valenzuela, no duelo frente ao Clube Sport Marítimo e, ainda, os golos de Jhonata Robert nos jogos frente ao Boavista Futebol Clube e Sporting Clube de Portugal.

Famalicão: Cortes no abastecimento de água em Pousada de Saramagos

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão informa que poderão existir interrupções no abastecimento de água no dia 21 de janeiro, quinta-feira, na freguesia de Pousada de Saramagos. Estas interrupções devem-se à implementação das obras de melhoria no sistema de abastecimento, incluídas no projeto co-financiado pelo programa POSEUR, Portugal 2020.

As interrupções podem acontecer a partir das 14 horas, com previsão de 4 horas.

 

Famalicão: Idosos e pessoas em confinamento começaram a votar esta terça-feira

Cerca de centena e meia de famalicenses – idosos em lares e pessoas em confinamento obrigatório – começaram a votar esta terça-feira para as eleições presidenciais.
No terreno estão 10 equipas, de dois funcionários municipais cada, que recolhem os votos porta a porta, devidamente protegidos com equipamentos de proteção individual e observando as regras sanitárias estabelecidas.
Recorde-se que os eleitores em confinamento tiveram que se inscrever para votar antecipadamente.

Most Popular Topics

Editor Picks