Autarca de Riba de Ave analisa a relação das freguesias com a política municipal

Susana Pereira, presidente da Junta de Freguesia de Riba de Ave, é a convidada da próxima sessão “Segundas na Sede”, cujo tema é “O papel das freguesias e a sua relação com a política municipal”. A iniciativa, a cargo do núcleo de Vila Nova de Famalicão dos Autarcas Social Democratas, decorre na noite da próxima segunda-feira, a partir das 21 horas, na sede do PSD.

Desde outubro passado que todas as segundas-feiras são dias de debate e reflexão na sede do Partido Social Democrata de Vila Nova de Famalicão que tem mobilizado a sociedade famalicense e envolve as quatro secções do PSD local (ASD – Autarcas Social Democratas, JSD – Juventude Social Democrata, MSD – Mulheres Social Democratas, e TSD – Trabalhadores Social Democratas).

Serviços de fiscalização da Câmara de Famalicão mais próximos da população

Os serviços de fiscalização da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vão ficar mais próximos dos munícipes. A partir de fevereiro e até ao final do ano, seis equipas destes serviços da autarquia vão percorrer todo o concelho proporcionando um atendimento mais próximo e descentralizado à população, tirando dúvidas, esclarecendo e informando quem precisar sobre as regras que tutelam as mais variadas operações de licenciamento de obras, de atividades e de ocupação do espaço público.

“Queremos ir ao encontro dos famalicenses, facilitando-lhes a vida”, assinala o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha. “A fiscalização é um tema que não está acessível a toda a gente, existem muitas regras a respeitar, assim como uma legislação especifica. Desta forma, criamos seis equipas que duas vezes por mês, irão sair dos Paços do Concelho e instalar-se em várias freguesias para receber os cidadãos e orientá-los nos procedimentos legais que regulam os processos de licenciamento” explica o autarca.

A iniciativa arranca já no próximo dia 3 de fevereiro, pelas 10h00, nas freguesias de Lousado, Calendário, Pedome, Fradelos e Mogege. Os interessados em participar deverão informar-se nas respetivas juntas de freguesia.

Refira-se que o executivo de Paulo Cunha tem vindo a apostar numa política de descentralização e de uma maior proximidade com as populações. Exemplo disso mesmo são as constantes visitas do autarca às freguesias e às escolas do concelho.

Por outro lado, o município tem em marcha o projeto de descentralização cultural intitulado “Há Cultura”, com atividades culturais que envolvem a comunidade na sua criação, promovendo o acesso à fruição cultural, formando novas dinâmicas culturais um pouco por todo o concelho.

Famalicão com forte presença na ISPO

O município de Vila Nova de Famalicão vai estar representado na ISPO Munich 2020, a maior feira têxtil mundial de artigos para desporto, com sete empresas especialistas em têxteis técnicos e dois centros tecnológicos do concelho.

O evento decorre de 26 a 29 de janeiro, em Munique, na Alemanha, e para além do CITEVE e do CeNTI, vão também estar presentes nesta feira as empresas CM Socks, Dune Bleue, Fradelsport, Lusosocks, Oldtrading, Olmac e Scoop, cuja participação no certame foi apoiada pela autarquia famalicense através da atribuição de Vouchers Internacionalização, que resultam da parceria estabelecida com a ATP – Associação Têxtil e do Vestuário.

A ISPO, montra privilegiada para os têxteis técnicos e funcionais, vai este ano contar com mais de 2800 expositores que apresentarão as últimas tendências do desporto de segmentos como desportos da neve, outdoor, saúde e fitness, urbano e desporto de equipa.

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai associar-se ao evento através da presença do vereador da Economia, Empreendedorismo e Inovação, Augusto Lima, nos dias 26 e 27 de janeiro.

Recorde-se que Vila Nova de Famalicão é a Cidade Têxtil de Portugal, marca que veio dar força àquilo que o concelho já é há mais de um século – um importante centro de produção, de investigação e desenvolvimento do sector têxtil –, e impulsionar um conceito de produção e de atividade económica que vai muito além dos muros das empresas.

A importância dos têxteis técnicos no total das exportações em Vila Nova de Famalicão é, de resto, cada vez mais relevante. De acordo com o mais recente Anuário Estatístico Regional do INE, referente ao ano de 2018, as exportações de têxteis de aplicação técnica somam já 156 milhões de euros, representando 31% do total das vendas internacionais do setor têxtil e vestuário neste concelho.

Refira-se ainda que a participação das empresas portuguesas na ISPO 2020 foi organizada pela Associação Selectiva Moda, através do projeto From Portugal.

Famalicão: ASAE apanha 5 milhões de euros em material falsificado de clubes de futebol

A ASAE apreendeu, esta terça-feira, cerca de cinco milhões de euros em centenas de milhares de artigos falsificados (roupa, sapatilhas e perfumes).

O material foi encontrado em armazéns nos concelhos de Famalicão e Barcelos. Suspeita-se que o material apreendido era utilizado nas lojas online que funcionavam na internet, nomeadamente, nas redes sociais.

“Como resultado da ação, foi instaurado um processo-crime por venda, circulação e ocultação de artigos contrafeitos num valor total da apreensão que ascendeu a cerca de 4,7 milhões de euros. Para transporte da mercadoria apreendida num total de 187.000 artigos variados (têxteis, perfumes, marroquinaria, sapatilhas) para os armazéns da ASAE, tiveram de ser utilizados sete camiões TIR”, adianta a ASAE.

A nota avança ainda que foram apreendidos também “408 euros em numerário e três telemóveis”

Uma pessoa foi detida e “entregue ao SEF por se encontrar indocumentada em território nacional, tendo-lhe sido posteriormente aplicada pela Autoridade Judiciária a medida de coação de apresentações semanais”.

Projetos Dinamizar e Melhor Turismo 2020 na ACIF

A Associação Comercial e Industrial de Vila Nova de Famalicão (ACIF) tem aprovados os projetos Dinamizar e Melhor Turismo 2020, destinados às empresas do concelho de Famalicão. As inscrições estão abertas aos interessados.

O projeto Dinamizar, enquadrado no Programa Formação-Ação da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), tem como objetivo intensificar a formação dos empresários e gestores para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão, assim como dos trabalhadores das empresas, apoiada na temática Economia Digital e Gestão da Inovação. Este programa dirige-se às micro, pequenas e médias empresas do concelho, das áreas da construção, comércio, serviços e transportes.

Com objetivos semelhantes está o projeto Melhor Turismo 2020, enquadrado no Programa Formação-Ação da Confederação do Turismo de Portugal. Destina-se às empresas de transportes, armazenagem e atividades auxiliares dos transportes, alojamento, restauração, atividades de aluguer, agências de viagens, atividades de serviços administrativos e de apoio prestado às empresas, atividades de teatro, de música, de dança e outras atividades artísticas e literárias, atividades das bibliotecas, arquivos, museus e outras atividades culturais, atividades desportivas, de diversão e recreativas e outras atividades dos serviços pessoais.

Os programas de formação-ação são de formação e consultoria especializada desenvolvidos à medida das necessidades das empresas.

Estes projetos são cofinanciados pelo COMPETE 2020, Portugal 2020 e Fundo Social Europeu e têm como organismos intermédios a CCP e a CTP. As empresas interessadas em inscrever-se e/ou obter mais informações sobre os projetos, devem contactar os serviços técnicos da ACIF, pelo número 252 315 409 ou e-mail [email protected]

Most Popular Topics

Editor Picks