Criança atropelada em Gondifelos

Uma criança de 11 anos foi atropelada, ao início desta tarde, na Avenida São Félix, na estrada nacional 206, na freguesia de Gondifelos, O menino já foi transportada para o hospital de São João, no Porto, com acompanhamento de viatura médica, desconhecendo-se, para já, a gravidade dos ferimentos.

O alerta foi dado às 13h58 para os Bombeiros Voluntários de Viatodos que deslocaram para o local uma viatura com três elementos. A GNR ainda se encontra no local para apurar as causas deste atropelamento.

GNR lança “Operação Peão em Segurança”

A GNR coloca na estrada esta quinta e sexta-feira a operação “peão em segurança”.

Nos distritos de Braga e Porto, a GNR vai executar ações de fiscalização e sensibilização com o objetivo de diminuir os atropelamentos.

A GNR vai estar atenta ao excesso de velocidade, ao estacionamento indevido, à condução sob influência do álcool, ao desrespeito pela sinalização luminosa, entre outras infrações dos condutores.

No ano 2018, a GNR registou a nível nacional 3 950 atropelamentos, que provocaram 70 vítimas mortais e 202 feridos graves, o que representa um aumento de 11% no número de vítimas graves relativamente ao ano anterior.

Homem deitado na Avenida do Brasil gerou alerta de atropelamento

Bombeiros Voluntários Famalicenses e Famalicão foram acionados para uma situação de atropelamento de um homem, na Avenida do Brasil.

Chegados o local, os agentes de socorro encontraram uma situação diferente daquela que lhes havia sido descrita.

O indivíduo, que gerou o alarme junto dos populares por estar deitado na via, não apresentava ferimentos nem havia nenhum carro envolvido na situação.

Atropelamento em passadeira da Avenida do Brasil

Registou-se mais um atropelamento na Avenida do Brasil, em Vila Nova de Famalicão.

Ao que a Cidade Hoje conseguiu apurar, a situação registou-se por volta das 13h00 e para o local foram chamados os bombeiros e a PSP.

A vítima foi transportada para a unidade de Vila Nova de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave.
 Desconhece-se para já a gravidade dos ferimentos.

Most Popular Topics

Editor Picks