Famalicão: Oito detidos em operação de combate ao tráfico de droga

Durante a madrugada desta terça-feira, o Comando Territorial de Braga, através do Núcleo de Investigação Criminal de Barcelos, desencadeou uma operação de combate ao tráfico de estupefacientes em Famalicão, tendo detido oito homens, com idades entre os 23 e os 45 anos, por posse de droga e armas ilegais.

Os militares da GNR deram cumprimento a 31 mandados de busca, nove domiciliários, 21 em veículos e num armazém e da operação resultou a apreensão de 830 doses de haxixe; 114,5 doses cannabis; dez doses de heroína; sete de cocaína; e cinco pés de plantas cannabis sativa.

Foram, ainda, apreendidas quatro armas de fogo, 43 munições de vários calibres, uma faca de cozinha e tábua com vestígios de corte de estupefaciente, bem como uma balança digital. Nesta ação também foram apreendidos cinco telemóveis, dois veículos ligeiros furtados e 7 485 euros em numerário.

Os detidos, todos com antecedentes criminais por tráfico de droga, furtos e roubos, serão presentes, esta quarta-feira, a primeiro interrogatório, no Tribunal Judicial de Guimarães.

Esta operação, que envolveu 110 elementos, contou com o reforço do Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP) da Unidade de Intervenção (UI) e Destacamento de Intervenção (DI) do Porto, da estrutura de investigação criminal dos comandos territoriais de Braga e do Porto, do Destacamento Territorial de Barcelos e com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).

GNR recupera material furtado em Famalicão

A GNR recuperou material furtado que estava numa loja de luz e som e deteve dois presumíveis suspeitos.

O furto do material terá ocorrido no dia 9 de abril, numa armazém em Paredes, de onde foram levados aparelhos de luz e som.

Esta terça-feira, dia 21 de julho, a GNR identificou em Famalicão dois homens, um dos quais o proprietário da loja.

Foram recuperados quatro robots de luz e duas placas de equalizador. O material pertence a uma empresa de realização de espetáculos musicais.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Paredes.

Empresa nega responsabilidades

Responsáveis da loja, em declarações à Cidade Hoje, negam qualquer envolvimento no esquema do material furtado. Explicam que, sendo uma loja de reparação de material de luz e som, têm clientes de diversos pontos do país e não são, por isso, responsáveis pela origem do material que é entregue para reparação.

Famalicão: Apanhado a roubar no interior de estabelecimento comercial

A PSP deteve em flagrante um cidadão, de 33 anos de idade, no interior de um estabelecimento de restauração e bebidas, na Rua Alves Roçadas.

A polícia foi alertada, por telefone, para o sucedido eram duas horas da madrugada desta terça-feira. Chegada ao local, a PSP intercetou o suspeito ainda no interior do estabelecimento. Estava na posse de uma faca, que lhe foi apreendida assim como uma quantia em dinheiro.

O suspeito foi notificado para comparecer no Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão.

Famalicão: Trio de encapuzados assalta idosas e leva 50 mil euros

Na madrugada desta quarta-feira, duas idosas foram assaltadas e sequestradas em Vale S. Martinho. Foram surpreendidas por três homens encapuzados e armados que as obrigaram a entregar dinheiro e ouro. Levaram cerca de 50 mil euros.

Segundo o Correio da Manhã, os assaltantes ameaçaram com arma de fogo as duas idosas (a proprietária de 76 anos e a empregada de 75 anos) para que o cofre fosse aberto. Foram, ainda, obrigadas a entregar as chaves dos dois veículos topo de gama (BMW e Range Rover).

Antes de se colocarem em fuga trancaram as duas mulheres numa despensa. Foi o caseiro que estranhou a ausência da empregada e chamou as autoridades.

Famalicão: Apanhado depois de assaltar casa em Brufe

No passado sábado, a GNR de Vila Nova de Famalicão, deteve um homem, de 30 anos, no interior de uma propriedade privada.

Na sequência de uma denúncia de que um homem se encontrava no interior de um terreno privado, em Brufe, os militares deslocaram-se ao local e encontraram o suspeito, retido por um outro cidadão. Na sequência das diligências, a GNR apurou que o homem furtou bens numa residência, junto ao local onde foi detido.

Ao inspecionar a zona, foi possível detetar o material furtado que o suspeito escondeu nas proximidades, ocultando os bens num monte de areia.

Most Popular Topics

Editor Picks