“CASULO” DA YUPI JÁ TEM TRÊS PROJETOS

O “Casulo”, incubadora da YUPI, tem já três projetos ligados à área social, à infância e ao ambiente. Três vertentes que vão ao encontro dos objetivos da YUPI para esta incubadora. «Qualquer pessoa, jovem ou menos jovem, que tenha alguma ideia ou projeto de dinamização comunitária ou até um micro-negócio que seja coerente com os princípios da justiça social e ambiental, pode ter ali um espaço de trabalho», explicou ao Cidade Hoje a presidente da YUPI, Mariana Marques.

O que diferencia este espaço dos outros «é a preocupação social e ambiental que está muito presente em todas as ideias de projeto que ali surgirem». Por isso, este espaço «é tão singular. Não pretende ser um espaço semelhante às incubadoras e coworkings que já existem, porque interessa-se mais em dar abrigo e capacitar projetos que tenham interesse social e comunitário», explicou Mariana Marques.

Este projeto é da responsabilidade da YUPI e do IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude, mas funcionará em rede com outros parceiros, como o Made In, do Gabinete do Empreendedor da Câmara Municipal de Famalicão.

A manutenção do “Casulo” é da responsabilidade da YUPI; já a organização, horários e gestão de equipamentos é por conta das pessoas que partilham o espaço.

O projeto “Casulo” foi oficialmente aberto no dia 14 de julho, na Central de Camionagem, com a presença da vereadora da Juventude, Sofia Fernandes, e do diretor do Instituo Português do Desporto e Juventude, Vítor Dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.