Casal de burlões de Famalicão condenado a quatro anos e seis meses de prisão

Casal de burlões de Famalicão condenado a quatro anos e seis meses de prisão

O tribunal de Guimarães condenou, esta terça-feira, um casal a quatro anos e seis meses de prisão por ter angariado donativos em nome de associações fictícias, argumentando que o dinheiro reverteria para crianças doentes a precisar de tratamento no estrangeiro.

De acordo com o Jornal de Notícias, Helder e Cátia Fonseca terão sido ainda condenados a pagar 262,075 mil euros ao Estado.

A publicação avança que também o responsável por recolher os donativos terá sido igualmente condenado a três anos de prisão, com pena suspensa, e ainda obrigado a pagar 6.050 euros.

No total, Hélder e Cátia terão conseguido cerca de dez mil doações entre 2010 e 2017, angariando cerca de 316 mil euros durante os sete anos em que colocaram em prática este seu esquema.

O Jornal de Notícias adianta ainda que o casal acabou por confessar o crime em tribunal, mas admitindo-se “perplexo com os números”.

Most Popular Topics

Editor Picks