Candidaturas aos Selos Famalicão Visão`25 decorrem até 31 de maio

O município de Vila Nova de Famalicão já abriu as candidaturas aos Selos Famalicão Visão’25, a chancela municipal que reconhece e valoriza publicamente iniciativas, ações ou projetos, produtos ou serviços que contribuem para a afirmação do concelho como uma sociedade coesa e solidária, com uma economia inovadora e empreendedora, em convivência com uma paisagem urbano-rural ambientalmente qualificada e única.

O período das candidaturas decorre até 31 de maio e o formulário de inscrição está disponível online, na página oficial do município em www.vilanovadefamalicao.org. Podem concorrer aos selos empresas, associações, escolas ou movimentos informais.

Entretanto, no próximo dia 20 de março, pelas 10h00, na Casa do Território, na Devesa, será promovida uma oficina de preparação e apoio às candidaturas. Os interessados em saber mais sobre os Selos podem inscrever-se na oficina até 18 de março, através do envio de nome e entidade que representa para o e-mail dpee@vilanovadefamalicao.org.

A atribuição dos Selos Famalicão Visão’25 acontece pelo terceiro ano consecutivo, tendo sido já reconhecidos cerca de duas dezenas e meia de projetos. No fundo, o selo representa um prémio que identifica e reconhece as boas práticas com impactos positivos no território, na economia e na sociedade, que sejam inovadoras e inspiradoras, que expressem os valores e reforcem a identidade famalicense.

Com a atribuição dos Selos Famalicão Visão’25 “estamos a premiar e a distinguir os projetos e iniciativas promovidas por esta gente empreendedora, ações que contribuem para o fortalecimento da nossa terra e impulsionam o crescimento inteligente, sustentável e inclusivo de Vila Nova de Famalicão”, explica o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, acrescentando ainda que “queremos que estas iniciativas sirvam de exemplo para a comunidade e sejam também um motivo de orgulho coletivo”.

A atribuição de selos surge no âmbito do Plano Estratégico 2014-2025 para o concelho e integra quatro categorias. A primeira diz respeito ao projeto Famalicão Made In e abrange os projetos empreendedores que potenciam a incorporação tecnológica e a aplicação de soluções de futuro, desenvolvendo uma economia baseada no conhecimento e na inovação e que aumentam a competitividade e internacionalização. A segunda categoria tem a ver com o programa B -Smart Famalicão e irá reconhecer os projetos que promovam uma economia mais eficiente na utilização dos recursos. Na terceira categoria está a Força V do concelho, que se traduz em Famalicão Voluntário, e que inclui os projetos que reforçam o capital social presente nas práticas de intervenção e animação comunitária e impulsionam novos ambientes de participação e envolvimento ativo. Por fim na categoria Famalicão Comunitário serão reconhecidos os projetos que promovam a corresponsabilização dos cidadãos e que se distingam enquanto projetos coletivos, de cooperação e colaboração entre atores públicos e privados e potenciadores dos valores do futuro.

A atribuição do selo será decidida por um júri, constituído por diversas pessoas de diferentes áreas. O selo consiste na criação de uma logomarca, identificativa da categoria e do ano a que diz respeito, constituindo-se como um elemento distintivo em ações de comunicação e publicidade e funcionando como um reconhecimento público pelo trabalho desenvolvido.

Joane: Depois de dominado fogo de ontem à noite há novo incêndio em zona de mato

A vila de Joane continua sem descanso no que diz respeito ao combate a incêndios florestais.

Depois de na última noite se ter registado mais um fogo, o início da tarde desta sexta-feira fica marcado pelo surgimento de um novo foco de incêndio.

O alerta para os bombeiros foi dado às 12h17.

No combate às chamas também se encontra um meio aéreo.

O fogo está a deflagrar numa área florestar próxima à Rua da Torre.

Zaragatoa descartável retirada do mercado

Segundo a autoridade de saúde, em causa está o facto de o produto estar indevidamente qualificado pelo fabricante como “dispositivo médico para diagnóstico in vitro”, quando a qualificação adequada é a de dispositivo médico.

“Consequentemente, não existe evidência do dispositivo ter sido sujeito à respetiva avaliação de conformidade por um Organismo Notificado avaliador, designadamente dos aspetos relativos à obtenção, garantia e manutenção das condições da esterilidade”.

Trata-se do modelo “Zaragatoa Nasofaringea Flocked” da marca “iclean”, do fabricante Shenzhen Cleanmo Technology.

De acordo com a Autoridade Nacional de Medicamentos e Produtos de Saúde, o distribuidor – Vacuette Portugal S.A. — está a “desenvolver as ações necessárias para a recolha do referido dispositivo médico”.

O Infarmed diz ainda que as entidades que disponham de unidades deste dispositivo médico não o devem disponibilizar/utilizar.

Famalicão: Estacionamento proibido no antigo campo da feira de 24 de agosto a 15 de setembro

O antigo campo da feira vai estar interdito ao estacionamento, de 24 de agosto a 15 de setembro.

A proibição está relacionada com o facto de se realizar naquele local mais uma Feira de Artesanato e Gastronomia de Famalicão.

Os condutores devem, por isso, procurar alternativas nos outros locais de estacionamento espalhados pela cidade.

Joane sem descanso: Novos focos de incêndio em zona florestal

A vila de Joane está novamente em alerta, pelo surgimento de pelo menos dois novos focos de incêndio.

O novo alerta surgiu na noite desta quinta-feira, por volta das 21h40, e foi dado por populares que começaram a avistar o fogo em dois pontos distintos mas bastante próximos um do outro.

Para o local foram acionados os Bombeiros Voluntários Famalicenses que já pediram o reforço de meios.

Recorde-se que a vila de Joane tem sido, este verão, fustigada por vários incêndios em zona florestal e que até já colocaram casas em risco.

Final feliz: Cão atirado e fechado em poço é salvo pelo CROA e adotado três meses depois por uma família

O Centro de Recolha Animal de Famalicão tem mais uma história com final feliz para contar.

O cão que a 18 de maio foi resgatado de um poço com quinze metros de profundidade, na freguesia de Landim, encontrou uma nova família.

O desfecho desta história dá-se exatamente três meses depois da dura operação de resgate. Recorde-se que o animal havia sido encontrado a latir, por populares que passavam no local e o ouviram num poço com pedras a bloquear o acesso, indiciando que terá sido atirado para a morte, por alguém que, depois, o tentou esconder.

Quis o destino que, nesta quinta-feira 18 de agosto, uma família da mesma freguesia onde havia sido resgatado (Landim), quisesse levar este amigo de quatro patas para casa.

Recorde a história deste animal:

 

A partir desta sexta-feira e até domingo: Festa do Senhor em Arnoso Santa Maria

Arnoso Santa Maria está em festa a partir desta sexta-feira e até domingo. A Festa do Senhor arranca com a celebração de uma eucaristia, seguindo-se um momento de animação musical com cantares ao desafio.

No sábado o destaque vai para a atuação do grupo “Toka & Dança” que antecede a sessão de fogo de artifício, agendada para as 00h00.

No último dia, domingo, pela manhã há eucaristia em honra do Santíssimo Sacramento e da parte da tarde a procissão com a Banda de Arnoso.

Cartaz completo: