Câmara Municipal faz levantamento de situações que constituam perigo público

Câmara Municipal faz levantamento de situações que constituam perigo público

Para conhecer eventuais situações que possam constituir perigo público  – edifícios em risco, caminhos florestais danificados, terrenos que careçam de limpeza ou de zonas vulneráveis a inundações e incêndios – os serviços técnicos da Proteção Civil da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão estão a visitar as freguesias do concelho.

As visitas arrancaram hoje, quinta-feira, dia 1, Dia Internacional da Proteção Civil, com reuniões em Pedome, Bairro e Nine. Amanhã, sexta-feira, dia 2, é a vez de Joane, Oliveira São Mateus e da União de Freguesias de Arnoso e Sezures. Segue-se a União de Freguesias de Antas e Abade Vermoim e Delães, no dia 5; Landim, Requião e Vale São Martinho, no dia 6; Cruz e a União de Freguesias de Seide, no dia 7; a União de Freguesias de Carreira e Bente, Lousado e Brufe, no dia 8; a União de Freguesias de Avidos e Lagoa e Oliveira Santa Maria, no dia 9; a União de Freguesias de Vila Nova de Famalicão e Calendário e a União de Freguesias de Lemenhe, Mouquim e Jesufrei, no dia 12; Riba de Ave e Gavião, no dia 13; Vilarinho, a União de Freguesias de Gondifelos, Cavalões e Outiz e a União de Freguesias de São Cosme, Telhado e Portela, no dia 14; Fradelos, no dia 15; Mogege e Castelões, no dia 19; Pousada e Vermoim, no dia 20; a União de Freguesias de Ruivães e Novais, no dia 21; a União de Freguesias de Esmeriz e Cabeçudos, no dia 22; terminando em Ribeirão, no dia 27, e no Louro, no dia 29.

Deste trabalho de aproximação da Proteção Civil à comunidade consta, também, um seminário destinado aos autarcas de freguesia do concelho, que terá lugar no dia 16 de março, pelas 18h30, no pequeno auditório da Casa das Artes.

Most Popular Topics

Editor Picks