Concelho

Câmara e escolas promovem alimentação saudável junto dos mais novos

O presidente da Câmara Municipal almoçou, esta quinta-feira, com as crianças da EB1 de Vale S. Martinho. É um ato que Paulo Cunha repete com frequência mas que, neste caso, serviu para assinalar o Dia Europeu da Alimentação e Cozinha Saudável, alertando os mais novos para uma correta alimentação.

«É bom não esquecer que nesta fase da vida não se aprende só a ler, escrever ou fazer contas, aprende-se, também, a comer», disse Paulo Cunha no final de uma ementa vegetariana.

Segundo o autarca, a Câmara Municipal está consciente das responsabilidades que tem neste setor, «e com esta iniciativa da introdução da refeição vegetariana queremos, acima de tudo, sinalizar o quanto a qualidade da nossa alimentação é importante para a saúde, passando essa mensagem aos encarregados de educação e às famílias».

Mas nem tudo é fácil neste processo. A coordenadora da Escola, Manuela Pereira, considera «que as crianças nem sempre reagem bem à alimentação mais saudável, têm dificuldades em termos de paladar e, por vezes fazem grande resistência, mas vamos insistindo. É um trabalho que vamos desenvolvendo também na sala de aula e para o qual temos procurado o apoio dos pais».

Para além das refeições saudáveis, a autarquia fornece, ainda, a fruta duas vezes por semana a todas as escolas do 1.º ciclo e pré-escolar e apoia na atribuição dos lanches saudáveis. No conjunto, o município investe anualmente cerca de 900 mil euros.

O Dia Europeu Alimentação e Cozinha Saudável, lançado pela Comissão Europeia, pretende encorajar uma alimentação saudável nas crianças, a fim de travar o atual crescimento da obesidade infantil na Europa.

Previous post

Câmara de Famalicão avança com projeto para controlar gatos vadios

Next post

AVC vence espanholas por 3-0

Cidade Hoje