Câmara de Famalicão investe na iluminação led e consegue poupança de 355 mil euros

Câmara de Famalicão investe na iluminação led e consegue poupança de 355 mil euros

A partir de 2020, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai poupar anualmente cerca de 355 mil euros na iluminação pública no concelho, com a conclusão do processo de substituição de cerca de cinco mil luminárias equipadas com lâmpadas convencionais por luminárias do tipo Led. A obra que implicou a substituição dos focos luminosos arrancou em 2018 e deverá ficar concluída até ao mês de setembro.

Com um investimento total de 640 mil euros, a empreitada abrangeu todo o centro urbano, as estradas nacionais 14, 204, 204-5, 206, 309 e 310; a Via Intermunicipal (VIM) e ainda várias estradas e caminhos municipais.

O o executivo municipal aprovou na última reunião ordinária a celebração de um acordo entre o município e a EDP Distribuição – Energia SA, no âmbito deste projeto de promoção da eficiência energética na iluminação pública. Assim, o município assegurou a aquisição e instalação das luminárias com tecnologia Led, enquanto a EDP garante a sua conservação e manutenção.

Para além da redução financeira, a medida permitirá uma taxa de poupança nos consumos energéticos na ordem dos 67 por cento e uma redução efetiva da percentagem de emissão de dióxido de carbono para a atmosfera.

Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal salientou que “a melhoria da eficiência energética é uma das principais apostas da autarquia, que tem procurado reduzir a ameaça preocupante para o país e para os municípios do ponto de vista económico, social e ambiental”.

Para o autarca “o valor economizado é significativo”, mas igualmente importante é a “poupança ambiental, já que estamos empenhados em tornar Vila Nova de Famalicão num concelho cada vez mais amigo do ambiente e eficiente do ponto de vista energético”.

Neste âmbito, a autarquia instalou, em 2016, lâmpadas do tipo LED em mais de uma dezena de parques e praças do concelho. A medida implicou um investimento na ordem dos 67 mil euros e permitirá uma poupança anual de 25 mil euros para os cofres municipais. Em 2017, avançou com os projetos de sustentabilidade e eficiência energética para a Casa das Artes e Piscinas Municipais de Oliveira S. Mateus e Joane.

Most Popular Topics

Editor Picks