Câmara de Famalicão e Junta de Riba de Ave juntas pela escola pública

A inauguração das obras de remodelação da escola do 1.º ciclo de Riba de Ave foi mais um momento para a vila reivindicar um estabelecimento de ensino público até ao décimo segundo ano.

Ao final da manhã deste sábado, Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal, assinalou que é chegado o momento das famílias de Riba de Ave e das freguesias vizinhas terem uma escola pública de proximidade, acusando o Ministério da Educação de falta de vontade.

Sobre a “nova” escola que acabara de inaugurar, o autarca assinalou o momento «de satisfação e emoção. Foi difícil. Muitos pensaram impossível; outros, um sonho. Cá está a concretização. Cumprimos, mais uma vez, a nossa missão para o reforço do processo educativo no concelho».

No «melhor lugar do mundo, a escola», Susana Pereira fala da esperança que sente em ter escola pública na vila, assinalando, no reforço desse sentimento, o apoio da Câmara Municipal e dos autarcas das freguesias vizinhas.

Fernando Lopes, diretor do Agrupamento de Escolas de Pedome, espera que a inauguração das obras de remodelação «não seja o último ato» do projeto educativo e desenvolvimento da vila de Riba de Ave.

A escola do 1.º ciclo de Riba de Ave beneficiou de uma profunda remodelação. Com um investimento superior a 500 mil euros, as obras implicaram uma ampliação com a criação de mais duas salas, passando para oito. Foi ainda construída uma sala de apoio, biblioteca, sala de professores e recreio coberto. Os arranjos exteriores contemplaram um espaço desportivo com relva sintética.

O projeto foi cofinanciado pelo NORTE 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Most Popular Topics

Editor Picks