Câmara de Famalicão concluiu testes a 827 utentes dos lares

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão terminou, esta quarta-feira, o rastreio aos 827 utentes dos lares de idosos, Unidades de Cuidados Continuados e lares residenciais de Apoio à Deficiência.

Os testes decorreram ao longo de uma semana e resultam de um acordo entre a autarquia e a ARS Norte, entidade responsável pelos testes aos funcionários das instituições. Foram realizados 827 testes e os resultados serão conhecidos após a conclusão do processo.

Os testes aos utentes de 26 instituições, foram realizados com meios logísticos disponibilizados pela Câmara e de três enfermeiros do Hospital Narciso Ferreira, de Riba de Ave. As análises, custeadas pelo município, foram recolhidas pelo laboratório Unilabs. Já dos testes aos funcionários, a recolha ficou a cargo da Cruz Vermelha Portuguesa e as análises estão ser processadas pelo Instituto de Medicina Molecular.

A Câmara Municipal decidiu avançar com o rastreio porque, como afirma Paulo Cunha, «não podia esperar mais para que o programa nacional de rastreio aos lares chegasse a Famalicão. Avançamos com este processo depois de conseguir meios humanos e técnicos capazes de garantir todas as condições»

Most Popular Topics

Editor Picks