Câmara da Trofa entrega a primeira chave da cidade ao fundador e presidente da Fundação Bial

A Câmara Municipal da Trofa aprovou por unanimidade, esta quinta-feira, em reunião do executivo, a atribuição da primeira Chave da Cidade, da história do jovem concelho a Luís Portela, fundador e presidente da Fundação Bial. Esta distinção teve por base «o seu currículo pessoal, profissional, empresarial, cívico e científico, o seu prestígio nacional e internacional, a sua notoriedade no contexto académico português e internacional», bem como o seu «enorme contributo para o desenvolvimento da ciência e da investigação em Portugal e no mundo».

A Chave da Cidade será entregue esta sexta-feira, às 17 horas, no decurso da sessão solene evocativa do 23.º aniversário do Município da Trofa, que decorre no Auditório do Fórum Trofa XXI.

O presidente da Câmara Municipal da Trofa, Sérgio Humberto considera ser «uma honra para a Trofa estar ligada a um cidadão altruísta, humanitário e filantropo como Luís Portela, que além da relação que criou com o concelho, ao longo dos 23 anos da sua existência, é hoje seguramente, uma individualidade de renome nacional e internacional, ligada a uma instituição como a Fundação BIAL e a própria BIAL, que a partir de 1979, começou a concretizar o sonho de proporcionar à Humanidade novas soluções terapêuticas, tendo em quatro décadas colocado Portugal, no mapa mundo da inovação farmacêutica».