CÂMARA AJUDA GOVERNO NA ESTRADA NACIONAL 14

A Câmara Municipal de Famalicão vai ajudar a pagar a duplicação e beneficiação da Estrada Nacional 14. O acordo entre o município e a Infraestruturas de Portugal foi fechado no dia 11 de julho.

A autarquia famalicense comparticipa com perto de um milhão de euros e fica ainda com a responsabilidade pela conservação, manutenção e requalificação dos arranjos paisagísticos incluídos na intervenção.

Esta obra é da responsabilidade do estado, mas a autarquia decidiu comparticipar porque ficam criadas as condições para o lançamento imediato do concurso público da empreitada. Além de que «o interesse público assim o exige e as finanças da Câmara o permitem», esclareceu o presidente da Câmara.

A comparticipação em causa é válida para o troço entre a rotunda sul da Variante Nascente à cidade e o lugar de Vitória, em Calendário (Rotunda da Grocenter), e beneficiação do atual troço entre a rotunda do Grocenter e Santana, em Ribeirão. A duplicação é de 1,5 km e a beneficiação de 2,5 km.

Estas intervenções com apoio da Câmara Municipal de Famalicão inserem-se num projeto mais alargado, apresentado em 2015, onde se prevê a construção pela IP de uma circular à estrada N14 desde Ribeirão, passando pela Trofa até ao concelho da Maia, com uma nova travessia sobre o Rio Ave para ligação do trânsito ao acesso à autoestrada Porto-Braga (A3) e à ferrovia (Estação da Trofa).

Para além desta alternativa à N14, o projeto acordado entre Governo, empresas e autarquias, inclui duas novas estradas de acesso às áreas empresariais: uma de ligação à Zona Industrial de Sam, em Ribeirão; e outra entre a nacional, desde o lugar de Ferreiros até Cabeçudos, estabelecendo a ligação à Zona Industrial de Lousado. Não há luz verde para a execução destas duas vias, mas Paulo Cunha pressiona a Administração Central para a importância das mesmas.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *