Braga investe 150 mil euros nas luzes e decoração de natal

A Câmara Municipal de Braga já se encontra a preparar todos os procedimentos legais para avançar com iluminação e decoração de natal.

De acordo com o jornal O Minho, no arranque desta semana foi publicado em diário da república o anúncio do procedimento de contratos públicos para a aquisição dos serviços. No documento é possível ler que a autarquia bracarense pretende fazer um investimento de 150 mil euros.

 

 

Covid-19: Novo recorde de infetados, 52.549, no dia em que se sabe que quem estiver em isolamento pode ir votar

Portugal registou, esta terça-feira, um novo recorde diário de infetados pelo novo coronavírus. São 52.549 novos casos e 33 mortes.

O Norte volta a ser região o número mais elevado de infeções, com 22.455 casos. Há, ainda, 10 falecimentos.

No que diz respeito aos internamentos, nas enfermarias estão 1959 pessoas (mais quatro); em UCI há 153 doentes (menos 7).

Recorde-se que esta quarta-feira, o Governo decidiu que as pessoas que estiverem em isolamento no dia das eleições legislativas, marcadas para 30 deste mês, vão poder sair para exercer o seu direito de voto. A informação foi avançada pela ministra Francisca Van Dunem em conferência de imprensa realizada ao início da tarde.

 

Tony Carreira está positivo à Covid-19 e cancela concertos em França

Tony Carreira anunciou esta terça-feira, num vídeo publicado nas redes sociais, ter contraído a Covid-19. O cantor de 58 anos, informou os fãs de que está infetado e não poderá dar os concertos que tinha agendados em França – a 21 de janeiro, no Zenith D’Orleans, em Orleães e no dia seguinte, no L’Olympia, em Paris.

«Infelizmente contraí a Covid-19 e estou infetado. Soube isso há minutos. Amanhã de manhã iria embarcar para Paris. Lamentavelmente não poderei dar esses dois concertos», lamentou o cantor que, em junho passado, sofreu um enfarte do miocárdio e esteve internado durante dois dias no Hospital de Faro, sempre estável e livre de perigo.

CeNTI em projeto europeu de oito milhões para acelerar digitalização das empresas

O CeNTI é a única entidade portuguesa que faz parte de um projeto europeu que tem oito milhões de euros para acelerar a digitalização das empresas. E são já 46 as empresas com acesso direto a um conjunto alargado de serviços de valor acrescentado, desde a testagem e manufatura de produtos eletrónicos, suporte ao desenvolvimento até à formação.

O projeto está em funcionamento desde 2020 até final de 2022. Numa próxima fase, as empresas vão ter acesso a uma rede europeia de colaboração, constituída por várias empresas, start-ups e investigadores, que criam um ecossistema de inovação para conjugar esforços.

Suportando-se na eletrónica flexível, o projeto pretende fomentar o desenvolvimento de produtos tão inovadores como têxteis que permitem aliviar a dor, vestuário que monitoriza a postura corporal e equipamentos que emitem luz que os torna visíveis no escuro.

Durante a primeira fase do projeto, as empresas podiam concorrer a oportunidades financiadas para usufruir destes serviços, de que estão a beneficiar. Posteriormente, empresas poderão recorrer ao markeplace para acederem a estes serviços a um preço justo.

A par do Centro de Nanotecnologia, que tem instalações em VN Famalicão, fazem parte do consórcio diversas empresas, centros de investigação e inovação e organizações focadas na eletrónica flexível, eletrónica orgânica, nanotecnologia e tecnologias digitais. Recorde-se que a eletrónica flexível está hoje presente em vários setores – automóvel, saúde e bem-estar, têxtil, eletrónica de consumo, energia, embalagens – e permite tornar os objetos inteligentes, conferindo-lhes propriedades e funcionalidades únicas e garantindo a partilha de informação entre os objetos e o utilizador. A sua aplicação traz, por isso, ganhos acrescidos para as empresas, que podem, assim, responder às atuais tendências digitais com soluções tecnológicas disruptivas, úteis e com elevado valor para o mercado.

Covid-19: Novo máximo de casos, 43.729, nas últimas 24 horas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, 43.729 novos casos pelo novo coronavírus, um novo máximo diário. Há, ainda, a lamentar 46 mortes.

A região Norte contabiliza 18.116 novas infeções e 11 mortes.

Os internamentos, nas enfermarias, sobem: 1955 (mais 17); em UCI desce, 160 doentes (menos 14)

Legislativas: PS promete reforma fiscal do sistema aplicado às empresas

Numa visita às empresas famalicenses, o cabeça de lista do PS pelo círculo eleitoral de Braga, José Luís Carneiro, aproveitou para falar da política fiscal do seu partido, frisando que esta «deve promover o crescimento, através do estímulo ao investimento, à inovação e ao empreendedorismo, ao aumento da produtividade». Nas palavras que proferiu, acrescentou que o Partido Socialista propõe-se «concluir a reforma de redução dos impostos sobre as PME, acabando definitivamente com o Pagamento Especial por Contas» e continuar «a reforçar a capacidade de dedução à coleta em IRC dos lucros das empresas que invistam na economia».

José Luís Carneiro, acompanhado pelos também candidatos Joaquim Barreto, Eduardo Oliveira, Isabel Oliveira, Tito Evangelista e Sá e Hugo Teixeira, esteve na Caixiave, fabricante líder no mercado ibérico em janelas e portas em PVC, com sede em Ribeirão, que emprega já 250 colaboradores.

O socialista elogiou a indústria na região, quer as empresas de atividades tradicionais às mais inovadoras, e avaliou como positiva a sua contribuição para a economia nacional.

Economia: Brasmar renova selo Sabor do Ano pela sexta vez consecutiva

A empresa alimentar Brasmar, com uma unidade em Famalicão, renovou o Selo Sabor do Ano.

Em 2022, este selo é atribuído ao Polvo Limpo Ultracongelado e pelo terceiro ano aos Lombos e Postas de Bacalhau Demolhado Ultracongelado.

Para Fátima Macedo, responsável pela marca da Brasmar, «os excelentes resultados que, mais uma vez conseguimos, comprovam que os consumidores reconhecem o polvo e o bacalhau da Brasmar enquanto símbolos de qualidade».

Na unidade da Trofa, a Brasmar apresenta uma capacidade de produção mensal para o polvo limpo, premiado com o Sabor do Ano pelo 6º ano consecutivo, de mais de 500 toneladas.

Já o bacalhau, das 6 unidades industriais da Brasmar, 5 delas processam bacalhau e 3 dedicam-se em exclusivo à produção de bacalhau salgado e seco, nomeadamente, na Noruega, Gafanha da Nazaré e Famalicão. É na unidade da Trofa que se produz mensalmente 500 toneladas de bacalhau demolhado, premiado Sabor do Ano pelo 3º ano consecutivo.

A Brasmar, empresa participada do VigentGroup e do private equity MCH, foi fundada em 2003, assumindo atualmente a posição de líder nacional no setor alimentar de produtos do mar. A marca está atualmente presente em mais de 40 países, contando com unidades industriais em Portugal, Espanha e Noruega e com mais de 650 colaboradores. Em 2020, ano em que se constituiu a holding – Brasmar Group SGPS, a faturação do grupo ascendeu aos 191 milhões de euros.