País

Bombeiros de Famalicão no combate ao incêndio na Resinorte

Um incêndio de grandes dimensões deflagrou, quinta-feira à noite, no aterro sanitário da Resinorte, na freguesia de Codessoso, Celorico de Basto.

O fogo destruiu por completo um dos pavilhões destinados à separação do lixo, que tinha no interior toneladas de plástico.

As chamas começaram a ser visíveis às 21h40, tendo sido combatidas pelas corporações de bombeiros de Celorico de Basto, Cabeceiras de Basto, Mondim de Basto, Guimarães, Fafe e Famalicão num total de 39 operacionais dos bombeiros e da GNR, apoiados por 18 viaturas.

“Nesta altura, o incêndio já está dominado e não tem por onde progredir. Podemos dizer que a situação está controlada”, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga, cerca da 1 hora desta sexta-feira.

As operações decorriam com a previsão de uma fase de rescaldo complicada e demorada devido ao material atingido pelo fogo.

Segundo fonte dos bombeiros locais, o incêndio não causou feridos, mas as corporações tiveram alguma dificuldade para conseguir controlar danos ainda maiores no aterro, procurando a todo o custo evitar que as chamas atingissem a outras unidades do complexo.

Imagem: JN

Previous post

Ponte de Lima promove Festival da Carne Minhota

Next post

Nuno Oliveira já saiu do coma

Cidade Hoje