Boas notícias: Vacina chinesa contra o coronavírus “é segura” e “gera anticorpos”

A corrida para obter uma vacina que acabe com a crise do coronavírus ou pelo menos amorteça os seus efeitos, começa a mostrar os primeiros resultados.

Há quatro dias a empresa norte-americana Moderna anunciou os resultados de um teste com 45 voluntários saudáveis. Segundo um comunicado, a vacina é “segura e bem tolerada”, tendo gerado pelo menos a oito dos participantes níveis de anticorpos capazes de neutralizar a infecção semelhantes ou superiores aos encontrados no sangue de pacientes que sobreviveram à doença.

Nesta sexta-feira, a equipa do Instituto de Biotecnologia de Pequim e a empresa Cansino Biologics, na China, anunciaram também os resultados da fase 1 da primeira vacina desenvolvida nesse país. Neste caso, divulgados num artigo publicado na revista The Lancet, com todos os dados disponíveis para análise pela comunidade científica. Depois de 28 dias de testes com 108 voluntários saudáveis, os resultados parecem ser promissores. Além de ficar demonstrada sua segurança, os cientistas observaram que a vacina gerou anticorpos e linfócitos T nos voluntários.

Most Popular Topics

Editor Picks