Baixos rendimentos, desemprego e doença levam famílias a pedir apoio para pagar a renda 44

Baixos rendimentos, desemprego e doença levam famílias a pedir apoio para pagar a renda 45

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão, Paulo Cunha, esteve, esta terça-feira, com as famílias que vão receber do município apoio à renda.

Recorde-se que o programa vai ajudar, ao longo de um ano, perto de 250 famílias do concelho. Todas apresentam baixos rendimentos para fazer face às despesas mais básicas; dificuldades que resultam de situações de desemprego, doença ou deficiência e famílias monoparentais com filhos ou que vivem sozinhas e não têm rendimentos suficientes para cobrir as despesas.

No contacto com estas famílias, o presidente da Câmara frisou que «o município está e estará sempre disponível para ajudar quem precisa». Mas, Paulo Cunha sublinhou que, nesta questão da habitação, o município «está sozinho» porque «não existe, neste momento, nenhuma outra entidade que apoie a habitação social».

No programa “Casa Feliz, Apoio à Renda”, o município investe cerca 252 mil euros. Este apoio às famílias é dividido em três escalões A, B e C, correspondendo a 100 euros, 75 euros e 50 euros mensais. Com o escalão A foram beneficiadas 114 famílias, com o Escalão B 115 e com o Escalão C 19 famílias.

Most Popular Topics

Editor Picks