Famalicão: Ana Marinho foi quinta classificada nos Nacionais de Pista Coberta

A atleta famalicense, do Clube Desportivo S. Salvador do Campo, foi quinta classificada, em termos absolutos, nos 1500 e 3000 metros, nos Campeonatos de Portugal de Pista Coberta, que decorreram em Pombal, no passado fim de semana.

A atleta, ainda sub-23, competiu com as melhores atletas nacionais e disputou até final os lugares do pódio.

O clube que representa endereça-lhe os parabéns por estas prestações na mais importante competição em pista coberta.

Famalicense vai correr o país e partilhar as melhores receitas caseiras

“Aventuras gastronómicas” é o nome do programa televisivo que vai dar a conhecer os produtos locais e a cultura de várias regiões do país, apresentado por Ana Teixeira, natural de Vila Nova de Famalicão e autora do blog “Intimidades na Cozinha”.

Em cada episódio será explorada uma localidade diferente e conhecidos os ingredientes únicos que vão tornar as receitas da Ana ainda mais saborosas, capazes de honrar a história e diversidade da culinária portuguesa.

O episódio piloto do programa foi gravado em Marvão.

Famalicão: “Feira das Sopinhas” no Parque de Merendas de Avidos

O Agrupamento 268 dos escuteiros de Avidos está a organizar a 14.ª Feira das Sopinhas. A entrada são cinco euros por pessoa, com direito a experimentar dez sabores de sopas, ainda bebida e pão. Além disso poderão acompanhar as sopas com petiscos, tradicionais produtos regionais e vinhos, que estarão distribuídos pelas respetivas bancas.

Está marcada para o dia 24 de fevereiro, com início às 20 horas, no Parque de Merendas de Avidos, local de lazer, com equipamento adequado, a que não faltará a animação.

Esta atividade tem como objetivo a angariação de fundos para a realização das atividades do agrupamento ao longo do presente ano escutista.

 

Trofa: Semana da leitura de 26 de fevereiro a 2 de março

Começa na próxima segunda-feira, dia 26, a Semana da Leitura da Trofa, com a sessão de abertura agendada para as 10h00, no auditório do Fórum Trofa XXI, com a participação do escritor Carlos Nuno Granja e do ilustrador Sebastião Peixoto, autores do livro “Chegou D. Reinaldo Pimpão e acabou a confusão” que será apresentado.

Na Sessão de abertura serão ainda conhecidos os vencedores do projeto de escrita criativa “Uma Aventura na Trofa” e entregues os prémios aos alunos.

No mesmo dia arranca, na Casa da Cultura da Trofa, a 11ª edição do “Ler não custa nada, mesmo nada!”, Mercado do Livro Gratuito, uma iniciativa que promove a partilha e troca gratuita de livros, aberta a toda a Comunidade Trofense.

Na terça-feira, dia 27, decorre o desafio “Trofa a ler 2024”, direcionado para alunos, professores, pais e encarregados de educação, auxiliares e direções de todos os agrupamentos e escolas públicas do Concelho. A Câmara Municipal da Trofa lança o desafio a todos a partilhar esse momento utilizando o hashtag #trofaaler2024 ou enviando as fotos para: biblioteca@mun-trofa.pt.

Na quarta-feira, dia 28, inicia-se o programa “Dar voz aos Avós”, uma atividade que consiste na Dramatização de um Conto Tradicional infantil, interpretado pelo grupo do Centro Comunitário Municipal da Trofa, e que será apresentado aos alunos do Pré-escolar e 1º ciclo do Agrupamento de Escolas da Trofa.

No dia 7 de março, a Câmara Municipal da Trofa, lança o desafio “10 minutos a ler”, uma iniciativa aberta a toda a população, assim, pretende a autarquia a partilha de fotografias do momento nas redes sociais, com o hashtag #10minutostrofaler2024.

Famalicão: Liberdade FC em evidência na pista coberta e no corta-mato

No último sábado, 17 de fevereiro, a associação de Calendário marcou presença em três eventos desportivos: nas Provas de Pista Coberta das competições Extra do Triatlo Técnico do Norte e do Torneio Jovem do Norte e ainda no Campeonato Regional de Corta-Mato Curto da Associação de Atletismo do Porto.

Nas Provas Extra de Pista Coberta os destaques no escalão Benjamins A foram Beatriz Monteiro (1º lugar) e Lara Pinheiro (2º lugar) na distância dos 500 metros, ambas com novo recorde pessoal na distância. No escalão Infantis, Carolina Faria (4º lugar), Leonor Monteiro (5º lugar), Bianca Barbosa (7º lugar) e na categoria masculina, Filipe Olkhov (3º lugar) e João Costa (5º lugar).

No Torneio Jovem do Norte estiveram em evidencia Rodrigo Roxinol nos 60 metros (25º lugar) e nos 300 metros (7º lugar). No escalão Benjamins A, Esther Hallais (10º), Gabriel Sathler (4º) e Paulo Bourbon (8º). No escalão de Infantis, Lavínia Hallais (16º), Teresa Lopes (29º), Mariana Brandão (31º), Leonor Lopes (34º) e Iara Sathler (36º).

Famalicão: PAN diz que a participação cívica vale zero para a maioria

A Comissão Política Concelhia do PAN Famalicão considera que o executivo PSD/CDS deve «um cabal esclarecimento» aos famalicenses relativamente «à decisão de alteração da Unidade de execução, na área envolvente ao Palácio de Justiça de Famalicão». A 29 de janeiro o PAN já tinha endereçado um ofício a solicitar esclarecimentos, mas adianta que ao momento não recebeu qualquer resposta.

Em comunicado, o PAN lembra que em 2022, na abertura de consulta pública, enviou propostas e que o mesmo fez a comunidade famalicense. Em face dessa consulta pública, recordam que a Câmara Municipal deliberou que a parcela B do terreno em causa, onde agora é anunciado a abertura de um hipermercado, deixaria de ter uso exclusivo para comércio, algo que estaria a ser reivindicado nas participações. Mas, depois, terá alterado tudo. Para o PAN, a «participação cívica vale zero para a maioria PSD/CDS». Além de não aceitarem as «nossas propostas», refere o PAN, ainda contrariam o deliberado na altura. «Isto é grave e incompreensível», acusa.

Segundo a porta-voz da concelhia, Sandra Pimenta, esta situação «revela que as consultas públicas não passam de um tapar de olhos sobre um suposto interesse desta maioria de direita em ouvir a população famalicense.» Acrescenta que «temos graves problemas de acesso à habitação, já na altura sugerimos que esta zona, a construir, deveria focar a habitação a custo acessível».

Além dos esclarecimentos, a concelhia do PAN considera «uma arrogância total as declarações do Presidente Mário Passos, que além de não cumprir com a palavra ainda vem tentar passar um atestado de estupidez às pessoas, dizendo que estas “estão a ter dificuldade em acompanhar o desenvolvimento”.»

Sandra Pimenta entende que «pedir a participação dos e das famalicenses nesta discussão pública, alegadamente reconhecer o valor das suas sugestões e acabar por fazer tábua-rasa das mesmas é alimentar a descrença nas instituições, passar um atestado de menoridade aos e às famalicenses, promover frustrações e alimentar a onda crescente de populismo que varre o país. É um mau trabalho para o concelho e corrói a democracia local».

Foto arquivo