Autárquicas 21: PAN quer mais medidas públicas para promoção da saúde

O PAN (Partido das Pessoas, Animais e Natureza) defende que todas as pessoas devem ter acesso à saúde e que deve ser promovida a prevenção da doença. Por isso, a candidata à Câmara Municipal, Sandra Pimenta, é de opinião que todas as políticas públicas municipais devem atender à promoção da saúde dos famalicenses. «O sistema de saúde deve ser reorientado para dar prioridade à prevenção da doença, e os diversos serviços municipais que trabalham ou influenciam os determinantes sociais da saúde devem centrar-se nas pessoas, ser universais na abrangência, ter qualidade reconhecida pela população e serem acessíveis, incluindo para os mais desfavorecidos», anota a candidata do PAN.

Sandra Pimenta realça a importância do yoga na promoção da saúde e defende a presença de um nutricionista em todas as Unidades de Saúde Familiar, pelo menos 1 vez por semana, de forma a que todas/os as/os famalicenses tenham possibilidade de receber recomendações especializadas sobre formas de melhorar o seu consumo alimentar. Dois exemplos que deu durante uma sessão de yoga, que decorreu no dia 19, no Parque da Devesa. «Esta aula de yoga é também representativa da cultura de proximidade que queremos implementar entre as estruturas municipais e os munícipes, criando programas de proximidade, em articulação com as organizações locais, para acompanhamento e cuidados de saúde a toda a população, com especial cuidado com as/os munícipes idosas/os, mais isoladas/os e com maior fragilidade social», apontou o candidato à assembleia municipal, Emanuel Figueiredo.