Aumenta o desemprego em Famalicão: são 4.200 os desempregados

O abrandamento económico provocado pela pandemia covid-19 tem reflexos no emprego. O desemprego está a aumentar, incluindo em Vila Nova de Famalicão. Em finais de fevereiro havia 3.500 desempregados e, na atualidade, há cerca de 4200 pessoas sem emprego.

Este aumento, segundo o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, decorre do encerramento de uma empresa, da extinção de postos de trabalho noutras empresas e da não renovação de contratos.

Segundo Paulo Cunha, em declarações proferidas no final da reunião de câmara desta quinta-feira, ainda não foram revelados os números relativos ao layoff de empresas de Famalicão. Facto que, do seu ponto de vista, coloca dificuldades ao Município para desenvolver políticas municipais de ação social junto daqueles que passam dificuldades.