Atenção Automobilistas: Estradas portuguesas vão contar com mais 50 novos radares até março

Os 50 novos radares de controlo de velocidade, geridos pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), vão entrar em funcionamento até ao final de março, anunciou hoje a secretária de Estado da Administração Interna.

“O nosso objetivo é que até ao final do primeiro trimestre deste ano possamos ter os novos 50 radares operacionais”, disse à agência Lusa Patrícia Gaspar, no final da cerimónia de apresentação dos dados provisórios de 2021 da sinistralidade e fiscalização rodoviária.

Segundo a secretária de Estado, o contrato para a instalação do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO) já foi assinado, estando o processo a ser implementado neste momento.

Este sistema de radares, que vai ser instalado em 50 locais, vai juntar-se ao primeiro SINCRO que existe no país desde 2016, passando a existir 110 postos de controlo de velocidade.

Patrícia Gaspar avançou que 30 dos 50 radares permitem detetar a velocidade instantânea e 20 são capazes de calcular a velocidade média num determinado trajeto, sendo esta a novidade em relação ao atual SINCRO.

Uma portaria de 2020 autorizava a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária a gastar cerca de 1,6 milhões de euros até 2022 para a instalação e manutenção do sistema de radares de controlo de velocidade no país.

A secretária de Estado destacou a importância do SINCRO, frisando que estudos feitos, ao longo dos últimos tempos nos locais onde foram instalados os radares de fiscalização de velocidade, mostram que nesses pontos há “uma diminuição objetiva do número de acidentes, mortos e feridos graves”.

“Isto é uma prova cabal que a fiscalização funciona. A fiscalização é um instrumento fundamental”, disse, avançando que as ações de fiscalização aumentaram cerca de 8% em 2021 e que, apesar de uma melhoria substancial do comportamento dos condutores, ainda continuam a existir muitas infrações relacionadas com álcool, excesso de velocidade, uso do telemóvel e não uso do cinto de segurança.

Nesse sentido, apelou para que todos os cidadãos respeitem o código da estrada, as regras de condução e adotem uma condução baseada nos parâmetros das regras de segurança.

Segundo os dados provisórios hoje apresentados, os 28.868 acidentes rodoviários registados no ano passado provocaram 389 mortos, 2.093 feridos graves e 33.812 feridos ligeiros, uma diminuição de todos os indicadores em relação a 2019, mas um aumento face a 2020, à exceção das vítimas mortais.

A secretária de Estado considerou inaceitável os quase 400 mortos e lembrou que a nova Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária (2021-2030) tem como objetivo reduzir para metade o número de mortos e feridos graves nas estradas e “tentar chegar a zero em 2050”.

Burla em Calendário: Casal volta a enganar e consegue convencer idosa a dar 300 euros por carne

Há mais uma idosa que foi engana pelo casal que tem andado pelo concelho de Famalicão a vender carne.

Esta quinta-feira, a vítima foi uma moradora da Aldeia do Sol, em Calendário.

Ao que nos foi possível apurar, o casal começou a conversa dizendo que conhecia bem os vizinhos, chegando mesmo a dizer alguns dos nomes que, provavelmente, foram ver às caixas de correio. Depois de captada a confiança da vítima, disseram-lhe que tinham para venda uma carne de muito boa qualidade, habitualmente comprada pelos moradores daquela zona.

A senhora, convencida de que estava perante um bom negócio, acabou por cair no golpe e pagou 300 euros por carne de vaca que vale muito menos.

Já a semana passada, um casal de burlões usou a mesma estratégia e conseguiu convencer uma outra idosa a dar 200 euros por pedaços de carne.

Regras para o voto de infetados / isolados: Não podem usar máscara social, só cirúrgica ou FP2

Foram revelados, esta quinta-feira, mais detalhes sobre como irá decorrer o processo de voto nas eleições legislativas do próximo dia 30.

Conforme anunciado a meio desta semana, pessoas em isolamento vão poder sair de casas só para exercer o seu direito de voto.

De acordo com as normas tornadas públicas pelo governo, essas pessoas devem deslocar-se para os locais de voto a pé ou em veículo próprio. Não poderão utilizar máscaras sociais, sendo obrigatório o uso de máscaras cirúrgicas ou modelo FP2.

Médicos querem horários e locais só para eleitores isolados/infetados pela Covid-19

Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública sublinha o “precedente evitável” da quebra do isolamento e diz que esta situação vai “condicionar novas dificuldades ao exercício profissional dos médicos de saúde pública”

Os médicos de saúde pública recomendam horários e locais próprios de votação nas legislativas para quem está em isolamento, para evitar cruzamento de pessoas, e sugerem escusa de responsabilidade civil até final de fevereiro.

Num comunicado divulgado depois de o Governo ter anunciado que as pessoas isoladas por causa da covid-19 vão poder ir votar presencialmente nas eleições legislativas de dia 30, a Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) sublinha o “precedente evitável” da quebra do isolamento e diz que esta situação vai “condicionar novas dificuldades ao exercício profissional dos médicos de saúde pública”.

Banco CTT acaba com contas sem comissões, cliente passa a pagar de três em três meses

O Banco CTT anunciou que vai acabar com as contas sem comissões.

Quando abriu portas, as contas sem custos para o cliente foi uma das “bandeiras” utilizadas pela instituição que, agora, decidiu mudar de estratégia.

Assim sendo, e de acordo com o jornal ECO, as contas do Banco CTT passam a ter uma comissão anual de 20 euros, cobrados em parcelas de 5 euros de três em três meses.

As alterações entram em vigor no mês de abril.

Governo vai fazer recomendação para que isolados vão votar ao final do dia

Já é oficial, as pessoas que estiverem em isolamento, no dia das eleições legislativas, vão poder sair de casa para ir votar.

A informação foi tornada pública ao início da tarde desta quarta-feira, em conferência de imprensa com a ministra Francisca Van Dunem.

A CNN Portugal avança que o governo deverá fazer uma recomendação para que essas pessoas se desloquem aos locais de voto ao final do dia, de forma a que haja o menor contacto possível com não isolados. O horário apontado para esse momento de voto deverá ser entre as 18h e as 19h.

Famalicão: Atropelamento na Avenida da Riopele, em Pousada de Saramagos

Os Bombeiros Voluntários Famalicenses socorreram, ao princípio da manhã desta quarta-feira, uma vítima de atropelamento.

O acidente aconteceu na Avenida da Riopele, em Pousada de Saramagos, tendo a vítima, do sexo feminino, sofrido ferimentos ligeiros. Foi transportada para o hospital de Famalicão.

O alerta foi dado às 5h54 e para o local a corporação de bombeiros deslocou uma viatura e dois elementos.