Associação de Pais da escola D.Maria II vai utilizar os meios legais para evitar a ligação de antena 5G

A Associação de Pais da Escola D.Maria II vai pedir novos pareceres às entidades envolvidas no processo da antena instalada ao lado do recinto escolar.

A decisão surge depois de uma reunião com o presidente da Câmara Municipal de Famalicão, na última quinta-feira, onde os representantes ficaram a conhecer o parecer da Administração Geral de Saúde do Norte.

No documento, divulgado pela Cidade Hoje esta sexta-feira, pode-se ler que nos dados fornecidos às entidades, não terá sido mencionada a distância entre a torre de telecomunicações e o recinto escolar. Esse será um dos argumentos utilizados pela Associação de Pais junto da DGS para pedir uma nova análise do processo.

Nos temos a informação que essa distância terá sido fornecida. Aparentemente, e de acordo com o que foi escrito no parecer, as entidades responsáveis não tiveram isso em conta e, por isso, vamos tentar pedir uma reavaliação.

Presidente da Associação de País da Escola D.Maria II – Paulo Correia

Paulo Correia aguarda a entrada no processo da ANACOM, responsável pela medição das radiações da antena que deverá entrar em funcionamento em breve.

Entretanto, o organismo que representa os pais daquele estabelecimento de ensino, prepara uma assembleia geral com o objetivo de discutir o assunto.