Associação de Famalicão HumanitAVE constrói escola na Guiné-Bissau

Está quase concluída a construção da escola de aldeia de Malbuloto, no setor de Bigene, Guiné-Bissau.

O sonho da comunidade, que passa por inúmeras carências, está perto de ficar concretizado pela mão da associação famalicense HumanitAve, que tem sede na freguesia de Pedome.

Tudo começou no ano de 2019 quando, em missão naquela aldeia, a HumanitAve encontrou 72 crianças a estudar numa espécie de abrigo, que a população sempre apelidou de escola.

Foi a partir aí que a associação famalicense meteu “mãos à obra” e, com a generosidade de centenas de pessoas (empresas e particulares), conseguiram angariar o dinheiro e materiais para o sucesso da obra.

Pouco mais de um ano depois, este novo espaço, que se encontra em fase de acabamento, já está a ser utilizado por 117 crianças

A criação desta infraestrutura teve um custo de cerca de 5 mil euros. Os trabalhos, foram levados a cabo pela HumanitAve em parceria com a Missão Católica de Bigene e a comunidade local.

No decorrer da próxima semana, será dado o último passo para a conclusão da obra, a pintura da escola.