Assalto a ourivesaria de Viana do Castelo rende milhares de euros

Assalto a ourivesaria de Viana do Castelo rende milhares de euros

Três homens assaltaram, na madrugada de quarta feira, no centro de Viana do Castelo, a ourivesaria “Quilates”.

Os ladrões, e depois do furto, deixaram as ferramentas utilizadas no assalto no local. «Deviam ser 04h00», começou por dizer Diana Almeida, filha dos proprietários da loja, que viu o assalto levar «alguns quilos de ouro tradicional». «Eles levantaram a cortina que protege a loja para entrar. Partiram o vidro reforçado com picaretas e marretas, levando todo o ouro que se encontrava dentro da loja», referiu Diana Almeida.

A Polícia de Segurança Pública já investiga o caso numa ourivesaria, situada no centro histórico, na rua Gago Coutinho, que tem sido alvo de várias tentativas de assalto, sendo que o último consumado foi há 21 anos.

O segundo comandante da PSP, Raul Curva, referiu que foram apreendidas as três marretas deixadas no local de um assalto onde o prejuízo ainda está por apurar, mas que face ao ouro tradicional levado será de «milhares de euros».

A ourivesaria situa-se a escassos metros de uma outra, a ourivesaria Freitas, que em 2007 foi alvo do mais violento assalto de que há memória em Viana do Castelo.

Imagem: JN

Most Popular Topics

Editor Picks