Alunos do Externato Delfim Ferreira espalhados por várias escolas

Os cerca de 180 alunos do Externato Delfim Ferreira, que fechou portas no final do segundo período letivo, começam esta terça-feira uma nova fase do seu percurso escolar. Os estudantes estão espalhados por várias escolas do concelho e em estabelecimentos de ensino de Guimarães, Santo Tirso e Vila das Aves.

Em Famalicão, a grande maioria está no ensino público, na Secundária Padre Benjamim Salgado, mas também há alunos na Camilo Castelo Branco, bem como na Didáxis de Riba de Ave.

O Externato Delfim Ferreira encerrou portas em virtude de um processo de insolvência, por dívidas a rondar os quatro milhões de euros.

É o ponto final num projeto educativo com 50 anos que começou a enfrentar problemas financeiros com o fim dos contratos de associação impostos pelo Governo.