Alguns ex-funcionários da RICON dizem estar sem dinheiro para comer

Alguns ex-funcionários da RICON dizem estar sem dinheiro para comer

Com o fecho da empresa e sem previsão de receber o salário do último mês de serviço, alguns ex funcionários do grupo Ricon dizem já estar a passar por dificuldades.

Os trabalhadores, despedidos na passada segunda-feira, mantêm-se à porta da empresa para evitar que seja levado material (máquinas, material informático, documentos ou até mesmo peças de roupa) sem autorização do tribunal.

Grande parte das pessoas que estão em vigia dizem que conseguem ter dinheiro para as necessidades básicas por mais algumas semanas até começarem a receber o subsidio de desemprego, no caso de não arranjarem nenhum trabalho entretanto. Contudo, não escondem a preocupação em relação a alguns colegas que já estão a passar por dificuldades, na sua maioria casais que tinham como único rendimento o dinheiro dos salários que recebiam na Ricon.

Mesmo sem perspectivas do que será o futuro, os ex-funcionários da Ricon garantem que vão continuar unidos e a ajudarem-se sempre que encontrarem colegas a passarem por necessidades.

Imagem: Jornal de Notícias

Most Popular Topics

Editor Picks