Advogado é suspeito de mandar assaltar casa em Ribeirão

Segundo avança a TVI, a PSP de Lisboa deteve esta segunda-feira um advogado do Norte do país suspeito de ter encomendado um assalto armado a casa de um casal, em Ribeirão, onde o jurista sabia que as vítimas guardavam, dentro de um cofre, um fortuna em joias e dinheiro.

Avança, ainda, a TVI, que o grupo de quatro assaltantes estava sob escuta no âmbito de outra investigação e foi numa dessas chamadas telefónicas que apareceu o advogado a sugerir-lhes o assalto que aconteceu em novembro de 2019.

As vítimas, de 62 e 65 anos, foram agredidas violentamente e ameaçadas de morte. Os quatro assaltante roubaram 16 mil euros em dinheiro e ouro avaliado em cerca de 30 mil euros.

Enquanto isso, a PSP de Lisboa, que tinha o grupo sob escuta, montou uma barricada na A1, junto às portagens de Alverca, e logo no dia seguinte deteve dois dos assaltantes, enquanto que os outros dois fugiram. Desses, um foi capturado há poucos dias, em Lisboa, depois de ter estado fora do país; o outro continua em fuga. Faltava prender o advogado mandante do crime, que foi detido da manhã desta segunda-feira e será presente a tribunal, esta terça-feira, para aplicação de medidas de coação. Já os cúmplices estão em prisão preventiva.