Concelho

ACO A CRESCER NA EUROPA DE LESTE

A ACO Shoes está a crescer nas exportações e deve-se ao mercado da Europa de Leste, nomeadamente Rússia e outros países da ex-URSS. «Cinco anos depois de termos entrado nos mercados do Leste da Europa atingimos a consolidação, sendo de salientar as exportações para a Rússia e diversos países da antiga URSS», revela Armindo Costa, o presidente do conselho de administração da empresa, explicando que essa consolidação foi o fator responsável por uma subida de oito por cento na faturação de 2017.

Países como a Letónia, a Eslovénia, a República Checa, a Bielorrússia, a Moldávia ou a Lituânia são mercados em crescimento, «onde o poder de compra tem aumentado e cujos consumidores começam a valorizar o conforto e a qualidade do calçado produzido pela ACO», afirma Fernando Costa, responsável pelas vendas internacionais.

Especializada em calçado de conforto, a ACO, fundada por Armindo Costa, ex-presidente de Câmara Municipal de VN Famalicão, produz 1,5 milhões de pares de sapatos por ano (mais de 5 mil pares por cada dia útil), gerando um volume de negócios na ordem dos 35 milhões de euros.

Esta empresa, presente em 35 países, procura, também, antecipar as preferências do mercado, através de uma aposta na investigação. Assim, a ACO, com sede em Mogege, tem reservada para 2018 uma aposta em novos produtos de alto valor acrescentado, designadamente a criação de um calçado mais técnico, virado para o mercado português.

Previous post

HOMEM ENCONTRADO MORTO APÓS FOGO EM JOANE

Next post

Muitas novidades nas provas da associação Amigos do Pedal

Imprensa Externa