A “tábua de salvação” para 190 famílias

A história de Maria (nome fictício) mostra bem a importância do programa “Casa Feliz, Apoio à Renda” e a diferença que faz na vida dos famalicenses beneficiados.

O inesperado desemprego levou-a a procurar ajuda para as suas despesas com a habitação. «Senti-me a entrar num abismo quando me apercebi que não conseguia ter dinheiro para pagar a renda da casa», lamenta. Ao tomar conhecimento do programa municipal “Casa Feliz, Apoio à Renda”, promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, «percebi que esta a minha tábua de salvação. É uma ajuda fundamental para este período difícil que espero que termine rapidamente».

O caso de Maria não é único. O presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, recebeu, no passado dia 10, nos Paços do Concelho, as quase duzentas famílias que vão contar, durante este ano, com o apoio financeiro para cumprirem os seus compromissos com as rendas das suas habitações. Muito embora o apoio à habitação social «não seja uma competência da Câmara Municipal», a autarquia «não pode ignorar situações em que as pessoas precisam deste apoio», diz Paulo Cunha.

O autarca fala num investimento considerável mas, garante, «estou aqui a dar voz a este apoio que é de todos os famalicenses».

O apoio municipal implica um investimento anual de 200 mil euros e visa apoiar famílias que, por diversos motivos, estão numa situação de carência económica e que precisam de apoio para suportar as rendas e evitar despejos por falta de pagamento.

Desde 2014, a Câmara já investiu cerca de meio milhão de euros com os apoios à renda que estão divididos em três escalões A, B e C, correspondendo a 100, 75 e 50 euros mensais. Com o escalão A foram beneficiadas 107 famílias, com o escalão B 70 e com o escalão C 13 famílias.

A Câmara Municipal criou em 2005, o programa Casa Feliz com apoio às obras, onde as famílias que mais precisam têm direito a uma ajuda financeira que pode chegar aos 5 mil euros, para reabilitar as suas casas, proporcionando as condições mínimas de bem-estar. Neste âmbito, já foram beneficiadas muitas centenas de famílias. Em 2012, o programa foi alargado com o apoio à renda.

F.C.Famalicão perde em casa com o S.C. Braga (0 – 3)

O Futebol Clube de Famalicão estreou-se esta época em casa com uma derrota, diante do S.C. Braga.

Os golos foram somente apontados pela equipa visitante, aos minutos 13, 19 e 79.

Na classificação, ao fim de duas jornadas, o Futebol Clube de Famalicão continua sem pontuar no campeonato.

Famalicão: Capitão Fausto animaram Dia da Juventude no Devesa Sunset

Os Capitão Fausto marcaram presença, esta sexta-feira, na iniciativa da Câmara Municipal “Devesa Sunset”.

A banda de Lisboa, formada em 2009, atuou ao final da tarde, no Parque da Devesa, diante de um público maioritariamente jovem que, depois de uma tarde nas piscinas municipais, continuaram a divertir-se neste espaço verde.

Veja algumas das imagens divulgadas pelo município:

Famalicão: Estacionamento indevido junto ao Parque da Devesa provocou bloqueio total do trânsito

Um elevado número de carros indevidamente estacionados, na Rua Fernando Mesquita, junto ao Parque da Devesa, provocou o bloqueio total do trânsito automóvel, ao final da tarde desta sexta-feira.

À nossa redação condutores relataram ter estado durante um largo período de tempo encurralados na fila de carros que entretanto se gerou.

O bloqueio do trânsito terá sido provocado pelo facto de existirem carros estacionados indevidamente nos dois sentidos daquela rua. Este tipo de estacionamento é, porém, habitual, no entanto apenas num dos sentidos.

A GNR esteve no local.

Famalicão: Já abriu ao trânsito a Rua Capitão Manuel Carvalho com via partilhada

Abriu ao trânsito esta sexta-feira a Rua Capitão Manuel Carvalho, no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão.

A rua esteve nos últimos meses a ser alvo de uma intervenção profunda, sendo que agora funciona com o conceito de via partilhada.

Segundo a autarquia, a via passa a ser partilhada por peões e veículos, onde vigoram regras especiais de trânsito, entre elas, a prioridade do peão.

O acesso ao parque de estacionamento da Praça D. Maria II, tanto entrada como saída, passa a ser feito exclusivamente pela Rua Capitão Manuel Carvalho.

Obras em Famalicão: Vasos vandalizados durante a noite. Presidente da Câmara repudia vandalismo

Estão a entrar na fase final as obras no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão.

Recentemente a autarquia colocou, em torno da Praça D.Maria II, dezenas de vasos que vão embelezar o espaço, no entanto, na última noite, esses mesmos vasos foram vandalizados.

Numa breve nota publicada nas redes sociais, o edil famalicense, repudiou o ato que “ não dignifica ninguém “.