A cultura está mais próxima dos famalicenses

A cultura está mais próxima dos famalicenses

A Câmara Municipal de Famalicão tem em curso o “Há Cultura”, um projeto de programação e criação cultural descentralizada e itinerante criado para que, em todo o concelho, exista um maior e melhor acesso à cultura.

O projeto vai gerar uma agenda periódica descentralizada que levará eventos culturais às diferentes freguesias e fomentará a qualificação e criação local. «Vamos fazê-lo com a colaboração de todas as entidades concelhias, porque este projeto reclama e exige para si o envolvimento muito ativo dos agentes culturais do território», explicou o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, na conferência de imprensa de apresentação do projeto que decorreu ao final da manhã desta quarta-feira, no átrio dos Paços do Concelho.

O autarca fala numa proposta diferenciadora e qualificadora que vai melhorar, assume, «a prestação cultural de todo o concelho. Não só porque vamos tirar as pessoas de casa para desfrutarem de eventos culturais, mas porque vamos dar condições aos agentes do território para que cresçam, ganhem dimensão e se qualifiquem».

Inserido no programa Famalicão Comunitário, num processo de desenvolvimento integrado do território, o “Há Cultura” será desenvolvido por uma equipa municipal e pelos agentes e coletividades culturais existentes nas 10 Comissões Sociais InterFreguesias.

Pretende-se formar novos públicos, capacitar agentes locais, promover o acesso à fruição cultural e criar novas dinâmicas culturais através de projetos-âncora de referência em cada CSF. A programação do “Há Cultura” pode ser acompanhada na página oficial de Facebook do Famalicão Comunitário, em

Most Popular Topics

Editor Picks