Concelho

Famílias famalicenses não pagam manuais escolares até ao 7.º ano de escolaridade

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai alargar a gratuitidade dos manuais escolares ao 7.º ano de escolaridade, cedendo a todas as famílias os livros das disciplinas nucleares de Português, Matemática, Língua Estrangeira I e II, História, Geografia, Ciências da Natureza e Física e Química. A medida que entra em vigor já a partir do próximo ano letivo 2018/2019 abrange um universo de cerca de 1500 alunos, implicando um valor estimado municipal de 176 euros por cada aluno.

Para além dos livros do 7.º ano, a autarquia mantém a oferta das fichas de trabalho a todas as crianças do 1.º ciclo do ensino básico, beneficiando perto de cinco mil crianças. No total, o município investe cerca de 400 mil euros em manuais escolares.

“É um investimento fundamental na educação e nas famílias de Vila Nova de Famalicão”, afirma o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, que fala numa“medida revolucionária” para o futuro do concelho.

O apoio municipal surge depois de o Governo ter assegurado o empréstimo dos manuais ao 1.º e 2.º ciclo, abrindo assim o caminho da autarquia famalicense para reinvestir a verba destinada à educação no 7.º ano do 3.º ciclo.

Isto significa que uma família com um filho no 1.º Ciclo do Ensino Básico e outro no 7.º ano vai poupar cerca de 210 euros, em Famalicão, com a aquisição dos livros escolares.

Mas os apoios não se ficam por aqui, sendo que o município disponibiliza ainda uma verba de 10 mil euros para aquisição de livros para o Banco de Livros Escolares, destinado ao empréstimo de manuais a famílias com filhos noutros ciclos de ensino (8.º ao 12.º), que não disponham de condições financeiras para os adquirir.

“São um conjunto de medidas amigas das famílias, que cumprem um papel social fundamental na fixação das populações e no melhoramento da sua qualidade de vida” refere Paulo Cunha, acrescentando que “ao libertarmos as famílias destes encargos com a educação dos filhos, estamos também a promover o bem-estar e a incentivar a natalidade”.

Refira-se que ao longo de quinze anos, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão ofereceu os manuais escolares e fichas de apoio a todas as crianças do 1.º ciclo do ensino básico no concelho, tendo sido a primeira Câmara do país a adotar a medida que é uma realidade em Famalicão desde o ano letivo 2001/2002. Em 2017/2018, a autarquia cedeu os manuais aos alunos do 5.º e 6.º ano e agora chega ao 3.º ciclo.

Previous post

Ouro, Prata e Bronze para CCDR no Nacional de Juvenis

Next post

Cão salva vida de um agente fazendo Reanimação Cardiopulmonar

Cidade Hoje